Programação da Unibes Cultural em 2022 exalta temas ligados aos Direitos Humanos

Arte ilustrando a programação da Unibes Cultural em 2022, com logo e fotografias descritas na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com plano de fundo vermelho e fotografias ilustrando a programação da Unibes Cultural em 2022. No canto esquerdo superior está o nome Unibes Cultural. Na lateral direita há uma foto externa do prédio onde funciona a unidade. Sobreposição de cinco fotografias com moldura branca revelam alguns dos espaços internos da Unibes. (Foto: Site unibescultural.org.br. Créditos: Edição JI)

Pluralidade e acessibilidade são palavras-chaves dos eventos da Unibes Cultural em 2022, que contempla as populações negras, indígenas, com deficiência e LGBTQIA+, entre outros

Hub da cultura, do empreendedorismo criativo e das causas sociais na cidade de São Paulo, a Unibes Cultural prepara grandes eventos para programação de 2022. Com a temática de Direitos Humanos, o foco será na inclusão de grupos sociais historicamente excluídos. “O objetivo é criar conexões e gerar valor ao público, com atrações que nos façam refletir sobre o papel do indivíduo na sociedade”, anunciou a assessoria de imprensa.

Publicidade

Assim como em 2021, quando a casa realizou ações para falar sobre diversidade: a Frente Nacional das Mulheres com deficiência participou como convidada de um episódio dos Talks Culturais, com o tema PcD. Outros dois tipos de Talks que eram apresentados por Cid Torquarto e outro por Tuca Munhoz também tratavam o tema. Em 2021 foi destaque o Clube de Leitura Racial , em parceria com o Grupo Mulheres do Brasil, que estudou obras consagradas.

Segundo Bruno Assami, diretor executivo da Unibes Cultural, 2022 será um ano com eventos que exalte os Direitos Humanos e contemple povos secularmente excluídos como as populações negras, povos indígenas, pessoas com deficiência e LGBTQIAPN+, entre outros.

“O ser humano age e pensa de acordo com determinados valores, hábitos e costumes, sendo que esses fatores interagem e fazem parte da construção social. O centro cultural da Unibes assume a vocação não só de formador de público, mas também, por meio da cultura, de agente transformador da sociedade em que estamos inseridos”, analisa. 

Acompanhando as orientações dos órgãos competentes, a Unibes Cultural se prepara para o recebimento do público no formato presencial, a depender dos desdobramentos da pandemia. Todas as informações e eventos serão divulgados no site da Unibes (confira os links úteis ao final).

Sequência de três fotografias dos espaços internos da Unibes Cultural.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Sequência com três fotografias dos espaços internos, com sobreposição da logo Unibes Cultural, no canto esquerdo superior. A primeira foto mostra o palco do Teatro, reservado a shows e peças teatrais; a segunda imagem mostra a Lounge, salão para festas e eventos; a última imagem é do Auditório, área multiuso, flexível para palestras e apresentações. (Foto: Site unibescultural.org.br. Créditos: Edição JI)

Inscrições de Projetos

A Unibes Cultural é um hub da cultura, da economia criativa e das causas sociais. Converge, conecta e compartilha os conteúdos dos protagonistas da Cidade, dentro dos eixos da Criança, Jovem, Adulto, Sênior e do eixo Para Todos, com cursos, palestras, exposições, shows, workshops, encontros, feiras e outros eventos.

Tais eventos seguem os eixos de atuação da Unibes Cultural, em temas como longevidade, economia criativa, empreendedorismo, arquitetura, urbanismo, moda, design, atualidades, tecnologia, universo digital, espetáculos infantis, gastronomia, sustentabilidade, música, turismo, literatura, artes visuais e filosofia.

Se você possui projetos e iniciativas alinhadas à atuação da Unibes Cultural, envie um e-mail para projeto.cultural@unibescultural.org.br .

Sobre a Unibes Cultural

Em funcionamento desde 2015 na Rua Oscar Freire, em São Paulo, a Unibes Cultural tem o papel de hub da cultura, do empreendedorismo criativo e das causas sociais ao convergir, conectar e distribuir cultura e diferentes conhecimentos. Com uma programação variada, que inclui shows, exposições, palestras, atividades para o público infantil e peças de teatro, o centro cultural da Unibes assume a vocação não só de formadora de público, mas também de agente transformador do cenário cultural. A curadoria do espaço propõe encontros, debates e reflexões para todos que querem ajudar a preparar a cidade para o futuro.

Rafael F. Carpi
Rafael F. Carpi

Jornalista, editor nas iniciativas Jornalista Inclusivo e PCD Dataverso. Formado em Comunicação Social em 2006, foi repórter, assessor de imprensa, executivo de contas e fotógrafo. É consultor em acessibilidade e inclusão, ativista dedicado aos direitos da pessoa com deficiência e redator na equipe Dando Flor.

LinkedIn
• Siga nas redes sociais:

Deixe um comentário