fbpx

Museu para Todos: Atividade sobre acessibilidade cultural acontece na próxima terça (9)

Banner de divulgação do evento Museu para Todos, com fotografias e informações descritas na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner de divulgação com nome atividade “Museu para Todos”, a data 09 de fevereiro de 2022 e o horário 14h. No centro da arte está a informação: “com Desirée Nobre, Renan Nakano & Alex Gimenes. Mediação de Fernanda Morais”. À esquerda, dentro de um círculo, sobreposição da foto de Desirée. À direita, também dentro de círculo menor, está a foto de Fernanda. Um pouco abaixo está a foto da dupla Renan e Alex. No rodapé está escrito: Acessibilidade Cultural e #AtravessandoFronteiras. (Foto: Reprodução. Créditos: YouTube)

Contrapartida da exposição "O Ato Fotográfico Acessível, Subversivo e sua Transversalidade Cultural”, o evento Museu para Todos será online e gratuito

Na próxima terça-feira, dia 9 de fevereiro, às 14h, será realizada no canal do YouTube do Museu da Energia, uma atividade online e gratuita sobre acessibilidade cultural.

O evento, contrapartida da exposição “O ato fotográfico acessível, subversivo e sua transversalidade cultural”, será mediado por Fernanda Morais e terá a participação de convidados que atuam na área: Desirée Nobre, Renan Nakano e Alex Gimenes.

A acessibilidade em espaços culturais, no Brasil, ainda não é uma realidade. Segundo Renan, a exposição e a atividade online são de extrema importância por colocar em foco um problema existente e que tem solução:

“É importante e relevante cada vez mais realizarmos ações que promovam a informação, reflexão, discussão e que seja força motriz para ações e mudanças no cenário cultural. A cultura não pode ser um produto seleto, e por isso é tão importante e urgente pensar a acessibilidade no universo cultural”. 

Para ter acesso a atividade – com a possibilidade de interagir ao vivo pelo chat com os convidados –, basta acessar o link: https://youtu.be/IdDAut-E2Lw  no dia e data do evento especificados acima.

Conteúdos extras e mais informações sobre os eventos relacionados à mostra em exposição estarão disponíveis no Instagram @fotograficoacessível

Duas pessoas estão apreciando a exposição "O Ato fotográfico acessível, subversivo e sua transversalidade cultural", no Museu da Energia em Itu (SP).
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida, em ambiente interno, durante a exposição "O Ato fotográfico acessível, subversivo e sua transversalidade cultural", no Museu da Energia em Itu (SP). À esquerda, duas pessoas apreciam as fotografias enquadradas na parede. Ambos usam máscara de proteção. (Foto: Divulgação. Créditos: Original Comunicação)

Mini Bio dos participantes

Renan Nakano:  Pós-graduado em Comunicação e Mídia e especialista em Marketing & Promotion pela University of Georgia, Comunicação Integrada pela ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing e, Digital Photography – Harvard University. 

Alex Gimenes: Docente Universitário. Graduado em Comunicação Digital Fotografia, Pós-graduado em Comunicação Empresarial e Institucional, e em Comunicação e Mídia. 

Renan Nakano e Alex Gimenes são professores, autores, fotógrafos e possuem parceria na empresa Diafragma 8 – Escola de Fotografia e no projeto “O Retratista” – atuando como agentes culturais, produtores de ações nas áreas das artes visuais e fotografia. Desde 2011 se dedicam a pesquisa dos processos fotográficos históricos e desde 2014 divulgam e compartilham através de obras literárias, oficinas e exposições fotográficas. 

Desde 2019, voltaram-se ao estudo e pesquisa sobre acessibilidade cultural, culminando em 2021 no projeto da exposição: “O Ato fotográfico acessível, subversivo e sua transversalidade cultural” por meio do PROAC em parceria com Fundação Energia e Saneamento / Museu da Energia. A exposição, que já esteve no Museu da Energia de São Paulo e este ano seguiu para Itu, tem Curadoria Geral de João Kulcsár, Curadoria em Acessibilidade de Edgar Jacques. Além da exposição, todo o projeto envolveu a realização de atividades de sensibilização e formação sobre acessibilidade cultural, tanto para a equipe educativa dos Museus da Energia, quanto para a comunidade em geral. 

Desirée Nobre: Doutoranda em Memória Social e Patrimônio Cultural pela Universidade Federal de Pelotas (Bolsista CAPES) e em Museologia pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. É mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural e bacharel em Terapia Ocupacional pela Universidade Federal de Pelotas. Sua trajetória na área de acessibilidade cultural e museus é marcada por estágios e residências em museus no Brasil e em Portugal, atualmente é coordenadora do grupo de estudos Sociomuseologia e Acessibilidade Cultural da Cátedra UNESCO “Educação, Cidadania e Diversidade Cultural”.

SERVIÇO: 

  • O quê: Atividade “Museu para Todos” 
  • Quando: Dia 09 de fevereiro, às 14h.
  • Onde: Online via YouTube
  • Como: Link de acesso: https://youtu.be/IdDAut-E2Lw
  • Quanto: Gratuito
  • O quê: Exposição “O Ato Fotográfico Acessível, Subversivo e sua Transversalidade Cultural”
  • Quando: Terça a sábado, das 10h às 17h | Até dia 31 de março de 2022 
  • Onde: Museu da Energia Itu – Rua Paula Souza, 669 – Centro, Itu/SP 
  • Quanto: Entrada gratuita
  • Mais informações: http://www.museudaenergia.org.br
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.