fbpx

Fundação Dorina inicia capacitação de professores neste sábado, dia 2

Aluno com baixa visão e professora em atividade educacional, ilustrando a pauta: Fundação Dorina inicia capacitação de professores neste sábado.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem de capa ilustrando a pauta “Fundação Dorina inicia capacitação de professores neste sábado, dia 2”. Fotografia em ambiente interno da instituição. À esquerda está um jovem de pele parda e cabelos pretos, com baixa visão, realizando atividade educacional. Usa óculos de grau, blusa cinza e camiseta estampada. Ao lado está a professora, mulher branca com cabelos pretos amarrados atrás da cabeça. Está sorrindo e usa colete branco com o logo da Fundação Dorina Nowill para Cegos. À frente deles há uma mesa com letras aumentada e em braile e um mapa-múndi. Atrás há uma lousa verde. Créditos: Divulgação

Confira o cronograma de novas turmas para o curso. Inscrições seguem abertas

Com aulas sobre Sistema Braille de leitura e escrita e de confecção de materiais para alunos com deficiência visual, Fundação inicia capacitação de professores neste sábado

A partir deste sábado, 2 de outubro, iniciam-se novas turmas para os cursos de capacitação de professores, promovidos pela Fundação Dorina Nowill para Cegos, que tem o objetivo de contribuir com a formação e inclusão de pessoas cegas ou com baixa visão. As inscrições estão abertas e os interessados podem se cadastrar pelo link: https://fdnc.org/oficina .

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

O projeto, viabilizado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CONDECA), tem como objetivo qualificar cerca de 300 educadores do estado de São Paulo, e orientá-los para a integração de crianças cegas ou com baixa visão no ambiente escolar.

Para realizar os cursos, a Fundação Dorina conta com a participação de profissionais qualificados e especializados para oferecer uma formação adequada e complementar.

“A educação é um dos principais pilares da Fundação Dorina, que busca contribuir para que todos tenham os mesmos direitos e acessos. A instituição reconhece a importância da qualificação de professores, pois, é uma maneira de promover o ensino a todos. Por isso, os nossos cursos oferecem uma grade totalmente voltada à alfabetização e inclusão de crianças e adolescentes cegos ou com baixa visão”, conta Alexandre Munck, superintendente executivo da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

A Fundação Dorina compreende que há uma grande demanda dos educadores, principalmente do ensino infantil e fundamental, em relação aos materiais acessíveis para alunos cegos ou com baixa visão. Ao mesmo tempo, avalia que o Sistema Braille é um recurso essencial para a alfabetização desse público. Dessa maneira, a instituição buscou priorizar esses dois aspectos para as novas turmas.

Dia Mundial do Braille 2021: Por que essa data é importante?
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia mostra duas mãos, de pele branca, fazendo a leitura de um documento em braille. Créditos: Divulgação

O curso ‘Sistema Braille de leitura e escrita: noções básicas’ tem informações sobre a origem e evolução deste método de ensino para pessoas cegas ou com baixa visão. Além disso, a grafia e pontuação também estão entre os conteúdos abordados por Tânia Resende, que irá ministrar essa formação para os professores.

Érika Rack Drezza é a docente que realizará as aulas de adaptação de materiais pedagógicos para estudantes cegos ou com baixa visão. Para abordar o tema, ela falará sobre a confecção de materiais a partir de elementos simples que proporcionarão uma ajuda efetiva no processo de inclusão escolar.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

Cronograma das aulas com Tânia Resende:

  • Sistema Braille de leitura e escrita: noções básicas – Modalidade híbrida, cada turma terá 2 aulas on-line ao vivo e 1 aula presencial na sede da Fundação Dorina
  • Quando: 2, 9, 16 e 23/10, das 8h às 12h

Cronograma das aulas com Érika Rack Drezza:

  • Adaptação de materiais pedagógicos para educandos com deficiência visual – Modalidade 100% on-line e ao vivo das 8h às 12h
  • Quando2, 9, 16 e 23/10, das 8h às 12h.

SOBRE A FUNDAÇÃO DORINA

A Fundação Dorina Nowill para Cegos é uma organização sem fins lucrativos e de caráter filantrópico. Há 75 anos se dedica à inclusão social de crianças, jovens, adultos e idosos cegos e com baixa visão. A instituição oferece serviços gratuitos e especializados de habilitação e reabilitação, dentre eles orientação e mobilidade e clínica de visão subnormal, além de programas de inclusão educacional e profissional.

Responsável por um dos maiores parques gráficos de braille no mundo, com capacidade de impressão de até 450 mil páginas por dia, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é referência na produção e distribuição de materiais nos formatos acessíveis braille, áudio, impressão em fonte ampliada e digital acessível, incluindo o envio gratuito de livros para milhares de escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil.

A instituição também oferece uma gama de serviços em acessibilidade, como cursos, capacitações customizadas, sites acessíveis, audiodescrição e consultorias especializadas. Com o apoio fundamental de colaboradores, conselheiros, parceiros, patrocinadores e voluntários, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é reconhecida e respeitada pela seriedade de um trabalho que atravessa décadas e busca conferir independência, autonomia e dignidade às pessoas com deficiência visual. 

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.