fbpx

Acessibilidade contra Coronavírus

Acessibilidade contra Coronavírus

Descrição da Imagem #PraCegoVer: Imagem de uma pessoa usando máscara hospitalar e luvas descartáveis fazendo um sinal com a mão direita. No cabeçalho, em cima de uma imagem azul está escrito na cor branca Covid-19. Em baixo está o nome: Coronavírus. Na imagem ainda há três figuras simbolizando os vírus, em tons nas cores azul e violeta. Fim da descrição. 

Intérpretes atendem e esclarecem dúvidas da comunidade surda na pandemia

Governo do Ceará garante direito a acessibilidade com Central de Interpretação de Libras (CIL), como ponte entre ouvintes e pessoas com deficiência auditiva, surdos e surdocegos

Acessibilidade contra Coronavírus é realidade no Ceará, de acordo com reportagem do portal do Estado, sobre intérpretes que atendem e esclarecem dúvidas da Comunidade Surda na pandemia do novo Coronavírus.

Confira a reportagem na íntegra:

Acessibilidade contra coronavírus - CIL
Descrição da Imagem #PraCegoVer: Fotografia no auditório da Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará, com quatro pessoas em pé, em frente ao palco de apresentação. A primeira pessoa é um homem branco vestindo camiseta preta, calça jeans e tênis azul, falando microfone. Ao seu lado há uma mulher branca, cabelos loiros, camiseta e calça preta. Está ao seu lado outra mulher branca, cabelos claros, de camisa vermelha, calça jeans e calçado branco. Por último há um homem de camiseta preta, e calça jens e óculos de grau fazendo a interpretação em Libras. Fim da descrição | Foto: Reprodução/ Portal do Governo do Ceará

Viver em um mundo sem som é um desafio para diversas tarefas diárias, como pagar uma conta, fazer um pedido no restaurante ou simplesmente se informar. Acessibilidade é um direito e para ajudar na garantia desse direito, a Central de Interpretação de Libras (CIL) atua como ponte entre ouvintes e Comunidade Surda, promovendo autonomia e acesso aos serviços públicos. 

Durante o isolamento social, a CIL está atendendo remotamente e presencialmente, se necessário. A Central integra a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Pessoa Idosa e Pessoa com Deficiência (Copid) da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

A coordenadora da Copid, Vyna Leite, explica que há demandas para interpretação médica, jurídica, policial, INSS, Sine IDT, dentre outras: 

“Neste período de isolamento social estamos recebendo muitas solicitações das áreas da saúde e segurança. Temos muitas demandas de hospitais, Promotoria de Justiça, Delegacia de Proteção a Pessoas com Deficiência e da própria Casa da Mulher Brasileira, por conta do aumento no número de denúncias de violência contra a mulher surda”, destaca a coordenadora.

A CIL Ceará reúne três intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras): Aljaniele Amorim, Fabiano Farias e Michael Silva. Os profissionais auxiliam pessoas com deficiência auditiva, Surdos e Surdocegos com tradução e interpretação de Libras.

Acessibilidade contra Coronavírus
Descrição da Imagem #PraCegoVer: Fotografia em um palco de apresentações onde se vê algumas estruturas de ferro e adereços de decoração. Há um homem branco de camisa clara e calça jeans falando ao microfone e uma mulher, também de pele clara e cabelos longos e loiros fazendo a interpretação em Libras. Ela veste casaco preto, saia longa branca com bolas pretas e tênis branco. Fim da descrição | Foto: Reprodução/ Portal do Governo do Ceará

Acessibilidade contra Coronavírus:

Há dez anos trabalhando como tradutora e intérprete de Libras, Aljaniele Amorim, aprendeu a língua de sinais ainda nas brincadeiras de infância, em Maracanaú: 

“Quem abriu a porta para que eu entrasse no universo das Libras foi meu amigo Washington. Eu lembro de ficar ansiosa porque queria entender os sinais que ele utilizava para se comunicar e foi assim que começamos nossa amizade. Ele sempre trazia uma folhinha com vários nomes e me ensinava o sinal que deveria usar para cada uma daquelas palavras e assim ficávamos por horas na calçada de casa”, relembra.

Graduada em Letras Libras, Aljaniele atua na CIL desde 2016, ano em que o equipamento foi criado: 

“Uma das experiências que nunca vou esquecer é do dia em que chegou um senhor Surdo na sede da CIL pedindo nossa ajuda. Ele estava com dor e precisava de um intérprete para acompanhá-lo na ida ao médico. Foi naquele dia que percebi a força da minha profissão e o quanto eu posso fazer a diferença na vida de tantas pessoas através do meu trabalho”, completa.

Caçula de três irmãos, o carioca Fabiano Farias, aprendeu a língua de sinais aos dois anos de idade: 

“Sou filho de pais Surdos e senti desde muito cedo o quanto nossa sociedade é excludente com quem tem uma deficiência. A falta de acessibilidade é uma violação de direito que tira a autonomia de milhares de pessoas. Passei a infância e a adolescência vendo a luta dos meus pais para se inserir nos espaços e garantirem seus direitos enquanto cidadãos. Foram diversas situações em bancos, lojas de roupa, enfim, tudo isso serviu também para que eu entendesse a Libras para além de uma linguagem, como uma ferramenta poderosa de autonomia e inclusão”, frisa Fabiano.

3
Descrição da Imagem #PraCegoVer: Em um pequeno palco com um homem de pele clara, cabelos e bigode preto, vestindo roupa preta e uma prótese de perna, está fazendo gestos enquanto um interprete de Libras faz a tradução. Ele tem pele clara, barba e cabelo preto. Está de camiseta preta, calça jeans e tênis azul. Fim da descrição | Foto: Reprodução/ Portal do Governo do Ceará

Acessibilidade contra Coronavírus:

Ele explica que a língua de sinais tem também suas particularidades, com uma estrutura morfológica e sintaxe, além de uma parte fonética: 

“Mesmo sem som, na Libras existem mudanças de acordo com a região e o sotaque, e isso só se aprende na convivência com nativos do lugar. Quando cheguei do Rio, tive que fazer outros cursos e exercitar bastante para aprender as nuances da Libras utilizada aqui”, conta Fabiano, que fez curso de Libras ainda no Rio de Janeiro, na associação Alvorada.

Já Michael Silva conheceu a Libras em 2013, mas só sabia o básico. Até então nunca tinha se aprofundado: 

“Sempre tive muitos amigos Surdos, mas só em 2015 decidi entrar de cabeça nesse processo e passei a frequentar associações, fiz trabalhos voluntários e comecei a sentir que fazia parte da Comunidade Surda. Eu tenho consciência de que isso só aconteceu quando eu abandonei meu comodismo e entendi que somos todos interdependentes”, reflete.

Libras como acessibilidade contra coronavírus e covid-19
Descrição da Imagem #PraCegoVer: Fotografia em área de eventos com duas mulheres no centro e varias pessoas em segundo plano. Uma das duas mulheres, que estão sentadas, está falando ao microfone com livro aberto na mão. Ela é branca, tem cabelo acima dos ombros e veste blusa branca e calça escura. A outra mulher, de pele clara e cabelos curtos e escuros, veste blusinha e saia preta. Do lado direito, está em pé um intérprete de Libras. Ele veste camiseta preta, calça jeans e tênis azul, e tem um crachá pendurado no pescoço | Foto: Reprodução/ Portal do Governo do Ceará
CENTRAL DE INTERPRETAÇÃO DE LIBRAS (CIL):

A CIL nasceu como um projeto do Governo Federal, ainda em 2015, que ofertou equipamentos e orientações para promover acessibilidade em todo o país. O Estado do Ceará assumiu uma central, que é a CIL Ceará – “sendo, portanto, responsável pela Acessibilidade contra Coronavírus neste momento”. Os municípios de Fortaleza e de Juazeiro do Norte também assumiram cada um uma CIL, totalizando três centrais em todo o Estado.

SERVIÇO:

Para solicitar o auxílio de intérprete, em Fortaleza, basta enviar um e-mail ou mensagem via Skype para cil.ce.gov@gmail.com.

CIL do município de Fortaleza – (85) 9905-5152

CIL Juazeiro do Norte: (88) 5311-0426 / cil.ce.jn@gmail.com

Importante: As imagens foram feitas antes da pandemia.

Fonte: Ascom SPS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.

Skip to content