fbpx

Assim Vivemos 2021: Festival online, gratuito e acessível

Banner de divulgação Festival Assim Vivemos 2021 descrito na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner colorido de divulgação em fundo degrade rosa, com o título da edição “Assim Vivemos 2021”, 10 a 14 de abril, Online – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência. Na lateral direita, fotografia de Mona Rikumbi, atriz, dançarina, enfermeira e ativista. Mulher negra, calva, em cadeira de rodas. Está rindo, usa óculos de grau e vestido amarelo. Site www.assimvivemos.com.br. Créditos: Divulgação

Utilize os recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão redondo flutuante, na barra da lateral esquerda. Para a tradução em Libras, acione o intérprete virtual da Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Produções de curtas, médias e longas-metragens, seguidos de quatro debates entre 10 e 14 de abril

Com recursos de acessibilidade – Libras, audiodescrição e legendagem – festival Internacional de Filmes sobre Deficiência “Assim Vivemos 2021” exibirá 14 filmes de eventos anteriores e dois inéditos, além de quatro debates

O Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência – o mais importante e longevo evento de cinema sobre o tema –, realiza uma edição online e gratuita entre 10 e 14 de abril. Com uma seleção especial, serão exibidos 14 filmes premiados e consagrados anteriormente e dois brasileiros inéditos, além de quatro debates. Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc , apresentam o evento.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

As produções – curtas, médias e longas-metragens – vêm da Bielorrússia, Brasil, Canadá, Espanha, França, Irã, Israel, Moçambique, Mianmar, Rússia e Tailândia. Cada dia do festival terá uma temática, que motivam os debates: “Arte e Diversidade”, “Escola e Vida Independente”, “Vida Amorosa e Autonomia” e “Autismo e Neurodiversidade”, realizados após a segunda sessão de cada dia. Participam dos bate-papos pessoas com deficiência e profissionais que atuam diretamente com os temas trazidos pelos filmes, entre eles, diretores de produções nacionais.

Filmes e debates contarão com recursos de acessibilidade como a audiodescrição e as legendas LSE (para surdos e ensurdecidos), além interpretação em LIBRAS. Será distribuído gratuitamente por e-mail material didático com sugestões de atividades para professores e profissionais da área, inspirado nos temas retratados pelos filmes, podendo ser aplicadas tanto para alunos como para professores.

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem com o título: www.assimvivemos.com.br . Na sequência, sobre fundo lilás e branco, imagem de três celulares. Primeiro telefone acessa o Instagram @festivalassimvivemos , o dispositivo do centro mostra o site com o nome Assim Vivemos, foto e arte oficial do festival online, e o terceiro celular, a página do festival no Facebook @assimvivemos . Créditos: Edição JI

“Sempre tivemos uma demanda muito grande de pessoas e instituição querendo os filmes do Assim Vivemos para exibir nos seus espaços de trabalho. Profissionais de outros estados onde o festival presencial não percorre, solicitavam o acervo, porém por questões de direitos de exibição nunca podíamos atender. Agora, com a versão online do festival, estamos tendo a chance de ampliar esse alcance. O Assim Vivemos Online está sendo preparado com ambiente virtual acessível e recursos de acessibilidade comunicacional para que todos em qualquer lugar do mundo, possam acessar com facilidade” – comenta Graciela Pozzobon, diretora do festival.

Para participar, basta entrar no site www.assimvivemos.com.br   Os filmes estarão reunidos em sessões diárias, às 15h e 17h. Os debates acontecem sempre após a segunda sessão, às 19h e, para participar, será disponibilizado outro link no site do evento. Após a exibição do dia, as produções ficam disponíveis até dia 14, o último dia do festival.

Banner de divulgação Festival Assim Vivemos 2021 descrito na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner colorido de divulgação em fundo degrade rosa, com o título da edição “Assim Vivemos 2021”, 10 a 14 de abril, Online - Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência. Na lateral direita, fotografia de Mona Rikumbi, atriz, dançarina, enfermeira e ativista. Mulher negra, calva, em cadeira de rodas. Está rindo, usa óculos de grau e vestido amarelo. Site www.assimvivemos.com.br. No rodapé, logo da produção Cinema Falado, apoio Banco do Brasil, patrocínio Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Governo Federal. Créditos: Divulgação

Esta edição online só foi possível porque a Cinema Falado Produções, organizadora do festival, foi contemplada no edital Lei Aldir Blanc. Realizado bienalmente desde 2003 – há 18 anos – no segundo semestre de 2021 está prevista a 10ª edição com produções inéditas. O evento será presencial nas cidades do Rio de Janeiro, de Brasília e de São Paulo. As inscrições para os filmes estão abertas até 12 de abril na plataforma FilmFreeway, através do link: filmfreeway.com/assimvivemos .

Assim Vivemos 2021: Filmes participantes

  • Bielorrússia

Quem É O Último? – Who Is The Last One? (Bielorrússia, 2018, 60 min.) Dir. Siarhei Isakov

  • Brasil

Estrangeiros (Brasil, 2013, 20 min.) Dir. Sônia Machado Lima

A fala tem poder e se impõe como forma superior de comunicação, forçando pessoas surdas a aprenderem a repetir sons que não conseguem ouvir. É um esforço tremendo – e é desgastante. Até que, muitas vezes chega o momento em que o surdo descobre que foi inútil o tempo em que tentou aprender algo que simplesmente não lhe servia. O filme pretende mostrar um caminho de descoberta, dúvida, silêncio, alegria, aceitação, incompreensão e afirmação.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021
Descrição da imagem #PraCegoVer: Jovem garoto negro, de pele morena, usa um fone de ouvidos, tipo headset, e segura um pequeno microfone. Usa camiseta regata vermelha. Créditos: Divulgação

Mona (Brasil, 2019, 6 min.) Dir. Lucca Messer

Em 2017, Mona se torna a primeira mulher negra cadeirante a se apresentar no Teatro Municipal de São Paulo, Brasil. Quebrando barreiras no mundo da dança, Mona também representa a superação de preconceitos cotidianos contra pessoas negras na maior cidade da América do Sul. Como bailarina e atriz, ela é hoje um símbolo nacional de resistência.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021

O Que Pode Um Corpo? (Brasil, 2020, 15 min.) Dir. Victor Di Marco e Márcio Picoli

Um bebê nasce, mas não chora. Um corpo grita e não é ouvido. As tintas que escorrem em um futuro prometido, não chegam em uma pessoa com deficiência. Victor faz de si a própria tela em um universo de pintores ausentes. 

Influencer com mais de 63 mil seguidores no Instagram , o diretor Victor Di Marco também é roteirista, ator e escritor.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia em ambiente escuro mostra em detalhes o rosto de um homem envolto em cordas pretas. Créditos: Divulgação

Stimados Autistas (Brasil, 2020, 55 min.) Dir. Cristiano de Oliveira

Adultos autistas diagnosticados tardiamente falam com outro autista sobre como foi crescer sem o diagnóstico, como foi a busca por profissionais e sobre as adaptações feitas após descobrirem que são autistas.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021
Descrição da imagem #PraCegoVer: Cena do documentário Stimados autistas. Mulher negra de cabelo raspado tocando ukulele. Usa óculos de grau, regata cinza com listras brancas, piercing no nariz e fone de ouvidos. Créditos: Divulgação
CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 
  • Canadá

Somos Todos Daniel – We Are Daniel (Canadá, 2009, 92 min.) Dir. Jesse Heffring

  • Espanha

O Que Tem Debaixo do Seu Chapéu? – What’s Under Your Hat? (Espanha, 2006, 75 min.) Dir. Lola Barrera e Iñaki Peñafiel

  • França

A Largura e o Comprimento do Céu – The Length and Breadth of the Sky (França, 1998, 26 min.) Dir. Dominique Margot

Soluções Promissoras – Hopeful Solutions (França, 2012, 52 min.) Dir. Romain Carciofo

  • Irã

Beleza Desconhecida – Unknown Beauty (Irã, 2014, 47 min.) Dir. Mahboubeh Honarian

Quando Brilha Um Raio de Luz – When a Line of Light Shines (Irã, 2010, 19 min.) Dir. Shahriar Pourseyedian

  • Israel

Independente – Indie-capped (Israel, 2015, 33 min.) Dir. Ariela Alush

  • Moçambique

De Corpo e Alma – Body and Soul (Moçambique, 2010, 57 min.) Dir. Matthieu Bron

  • Mianmar

Uma Menina em 10 x 10 – A Girls in 10 x 10 (Myanmar, 2017, 29 min.) Dir. Mai May Sakarwah, Mary, Yu Par Mo Mo

  • Rússia

Ver e Crer – Seeing is Believing (Rússia, 2007, 13 min.) Dir. Tofik Shakhverdiev

  • Tailândia

Dentro de Mim – Inside of Me (Tailândia, 2015, 22 min.) Dir. Sophon Shimjinda

Vinheta com audiodescrição:

Sobre o Festival Assim Vivemos

Realizado desde 2003, o Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência, conta com o patrocínio do Centro Cultural Banco do Brasil. Evento bienal, promove a reflexão sobre temas como preconceito, invisibilidade social, mobilidade, afeto, superação, autonomia, inclusão e acessibilidade, trazendo para o Brasil o melhor da produção audiovisual mundial sobre o assunto.

Entre suas produções estão curtas, médias e longas metragens de diferentes nacionalidades que formam um mosaico diverso, abrangente e rico sobre as questões que envolvem as pessoas deficientes e consequentemente toda a sociedade. Em todas as sessões são disponibilizados recursos de acessibilidade como a audiodescrição e legendas LSE (para surdos e ensurdecidos) e interpretação de Libras.

O Assim Vivemos já se consolidou como um importante espaço de reflexão já que também promove debates e oficinas sobre temas levantados pelos filmes, onde pessoas com deficiência e profissionais de referência com e sem deficiência se encontram. Com curadoria delicada e cuidadosa, que busca dar o espaço de fala e o protagonismo para as pessoas com deficiência contarem suas histórias, o Festival Assim Vivemos se revela uma experiência que encanta e transforma todos os públicos. 

SERVIÇO:

  • O que: Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência
  • Quando: De 10 a 14 de abril de 2021
  • Como: Duas sessões de filmes por dia, às 15h e 17h, seguidas de debate, às 19h
  • Onde: Edição online no *Site Oficial
  • Quanto: 100% gratuito
  • Acessibilidade: Tradução em Libras, legendagem, audiodescrição

– A programação completa do Festival Assim Vivemos está no *Site Oficial –

LINKS ÚTEIS:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Jornalista Inclusivo

Jornalista Inclusivo

Da Redação jornalistainclusivo.com
Jornalista responsável (MTB: 0089466/SP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.