fbpx

Assim Vivemos 2021: Festival online, gratuito e acessível

Banner de divulgação Festival Assim Vivemos 2021 descrito na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner colorido de divulgação em fundo degrade rosa, com o título da edição “Assim Vivemos 2021”, 10 a 14 de abril, Online – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência. Na lateral direita, fotografia de Mona Rikumbi, atriz, dançarina, enfermeira e ativista. Mulher negra, calva, em cadeira de rodas. Está rindo, usa óculos de grau e vestido amarelo. Site www.assimvivemos.com.br. Créditos: Divulgação

Utilize os recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão redondo flutuante, na lateral esquerda. Para a tradução em Libras, acione a Maya, tradutora virtual da Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Produções de curtas, médias e longas-metragens, seguidos de quatro debates entre 10 e 14 de abril

Com recursos de acessibilidade – Libras, audiodescrição e legendagem – festival Internacional de Filmes sobre Deficiência “Assim Vivemos 2021” exibirá 14 filmes de eventos anteriores e dois inéditos, além de quatro debates

O Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência – o mais importante e longevo evento de cinema sobre o tema –, realiza uma edição online e gratuita entre 10 e 14 de abril. Com uma seleção especial, serão exibidos 14 filmes premiados e consagrados anteriormente e dois brasileiros inéditos, além de quatro debates. Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc , apresentam o evento.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

As produções – curtas, médias e longas-metragens – vêm da Bielorrússia, Brasil, Canadá, Espanha, França, Irã, Israel, Moçambique, Mianmar, Rússia e Tailândia. Cada dia do festival terá uma temática, que motivam os debates: “Arte e Diversidade”, “Escola e Vida Independente”, “Vida Amorosa e Autonomia” e “Autismo e Neurodiversidade”, realizados após a segunda sessão de cada dia. Participam dos bate-papos pessoas com deficiência e profissionais que atuam diretamente com os temas trazidos pelos filmes, entre eles, diretores de produções nacionais.

Filmes e debates contarão com recursos de acessibilidade como a audiodescrição e as legendas LSE (para surdos e ensurdecidos), além interpretação em LIBRAS. Será distribuído gratuitamente por e-mail material didático com sugestões de atividades para professores e profissionais da área, inspirado nos temas retratados pelos filmes, podendo ser aplicadas tanto para alunos como para professores.

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem com o título: www.assimvivemos.com.br . Na sequência, sobre fundo lilás e branco, imagem de três celulares. Primeiro telefone acessa o Instagram @festivalassimvivemos , o dispositivo do centro mostra o site com o nome Assim Vivemos, foto e arte oficial do festival online, e o terceiro celular, a página do festival no Facebook @assimvivemos . Créditos: Edição JI

“Sempre tivemos uma demanda muito grande de pessoas e instituição querendo os filmes do Assim Vivemos para exibir nos seus espaços de trabalho. Profissionais de outros estados onde o festival presencial não percorre, solicitavam o acervo, porém por questões de direitos de exibição nunca podíamos atender. Agora, com a versão online do festival, estamos tendo a chance de ampliar esse alcance. O Assim Vivemos Online está sendo preparado com ambiente virtual acessível e recursos de acessibilidade comunicacional para que todos em qualquer lugar do mundo, possam acessar com facilidade” – comenta Graciela Pozzobon, diretora do festival.

Para participar, basta entrar no site www.assimvivemos.com.br   Os filmes estarão reunidos em sessões diárias, às 15h e 17h. Os debates acontecem sempre após a segunda sessão, às 19h e, para participar, será disponibilizado outro link no site do evento. Após a exibição do dia, as produções ficam disponíveis até dia 14, o último dia do festival.

Banner de divulgação Festival Assim Vivemos 2021 descrito na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner colorido de divulgação em fundo degrade rosa, com o título da edição “Assim Vivemos 2021”, 10 a 14 de abril, Online - Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência. Na lateral direita, fotografia de Mona Rikumbi, atriz, dançarina, enfermeira e ativista. Mulher negra, calva, em cadeira de rodas. Está rindo, usa óculos de grau e vestido amarelo. Site www.assimvivemos.com.br. No rodapé, logo da produção Cinema Falado, apoio Banco do Brasil, patrocínio Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Governo Federal. Créditos: Divulgação

Esta edição online só foi possível porque a Cinema Falado Produções, organizadora do festival, foi contemplada no edital Lei Aldir Blanc. Realizado bienalmente desde 2003 – há 18 anos – no segundo semestre de 2021 está prevista a 10ª edição com produções inéditas. O evento será presencial nas cidades do Rio de Janeiro, de Brasília e de São Paulo. As inscrições para os filmes estão abertas até 12 de abril na plataforma FilmFreeway, através do link: filmfreeway.com/assimvivemos .

Assim Vivemos 2021: Filmes participantes

  • Bielorrússia

Quem É O Último? – Who Is The Last One? (Bielorrússia, 2018, 60 min.) Dir. Siarhei Isakov

  • Brasil

Estrangeiros (Brasil, 2013, 20 min.) Dir. Sônia Machado Lima

A fala tem poder e se impõe como forma superior de comunicação, forçando pessoas surdas a aprenderem a repetir sons que não conseguem ouvir. É um esforço tremendo – e é desgastante. Até que, muitas vezes chega o momento em que o surdo descobre que foi inútil o tempo em que tentou aprender algo que simplesmente não lhe servia. O filme pretende mostrar um caminho de descoberta, dúvida, silêncio, alegria, aceitação, incompreensão e afirmação.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021
Descrição da imagem #PraCegoVer: Jovem garoto negro, de pele morena, usa um fone de ouvidos, tipo headset, e segura um pequeno microfone. Usa camiseta regata vermelha. Créditos: Divulgação

Mona (Brasil, 2019, 6 min.) Dir. Lucca Messer

Em 2017, Mona se torna a primeira mulher negra cadeirante a se apresentar no Teatro Municipal de São Paulo, Brasil. Quebrando barreiras no mundo da dança, Mona também representa a superação de preconceitos cotidianos contra pessoas negras na maior cidade da América do Sul. Como bailarina e atriz, ela é hoje um símbolo nacional de resistência.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021

O Que Pode Um Corpo? (Brasil, 2020, 15 min.) Dir. Victor Di Marco e Márcio Picoli

Um bebê nasce, mas não chora. Um corpo grita e não é ouvido. As tintas que escorrem em um futuro prometido, não chegam em uma pessoa com deficiência. Victor faz de si a própria tela em um universo de pintores ausentes. 

Influencer com mais de 63 mil seguidores no Instagram , o diretor Victor Di Marco também é roteirista, ator e escritor.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia em ambiente escuro mostra em detalhes o rosto de um homem envolto em cordas pretas. Créditos: Divulgação

Stimados Autistas (Brasil, 2020, 55 min.) Dir. Cristiano de Oliveira

Adultos autistas diagnosticados tardiamente falam com outro autista sobre como foi crescer sem o diagnóstico, como foi a busca por profissionais e sobre as adaptações feitas após descobrirem que são autistas.

Pôster de divulgação de filme do festival Assim Vivemos 2021
Descrição da imagem #PraCegoVer: Cena do documentário Stimados autistas. Mulher negra de cabelo raspado tocando ukulele. Usa óculos de grau, regata cinza com listras brancas, piercing no nariz e fone de ouvidos. Créditos: Divulgação
CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 
  • Canadá

Somos Todos Daniel – We Are Daniel (Canadá, 2009, 92 min.) Dir. Jesse Heffring

  • Espanha

O Que Tem Debaixo do Seu Chapéu? – What’s Under Your Hat? (Espanha, 2006, 75 min.) Dir. Lola Barrera e Iñaki Peñafiel

  • França

A Largura e o Comprimento do Céu – The Length and Breadth of the Sky (França, 1998, 26 min.) Dir. Dominique Margot

Soluções Promissoras – Hopeful Solutions (França, 2012, 52 min.) Dir. Romain Carciofo

  • Irã

Beleza Desconhecida – Unknown Beauty (Irã, 2014, 47 min.) Dir. Mahboubeh Honarian

Quando Brilha Um Raio de Luz – When a Line of Light Shines (Irã, 2010, 19 min.) Dir. Shahriar Pourseyedian

  • Israel

Independente – Indie-capped (Israel, 2015, 33 min.) Dir. Ariela Alush

  • Moçambique

De Corpo e Alma – Body and Soul (Moçambique, 2010, 57 min.) Dir. Matthieu Bron

  • Mianmar

Uma Menina em 10 x 10 – A Girls in 10 x 10 (Myanmar, 2017, 29 min.) Dir. Mai May Sakarwah, Mary, Yu Par Mo Mo

  • Rússia

Ver e Crer – Seeing is Believing (Rússia, 2007, 13 min.) Dir. Tofik Shakhverdiev

  • Tailândia

Dentro de Mim – Inside of Me (Tailândia, 2015, 22 min.) Dir. Sophon Shimjinda

Vinheta com audiodescrição:

Sobre o Festival Assim Vivemos

Realizado desde 2003, o Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência, conta com o patrocínio do Centro Cultural Banco do Brasil. Evento bienal, promove a reflexão sobre temas como preconceito, invisibilidade social, mobilidade, afeto, superação, autonomia, inclusão e acessibilidade, trazendo para o Brasil o melhor da produção audiovisual mundial sobre o assunto.

Entre suas produções estão curtas, médias e longas metragens de diferentes nacionalidades que formam um mosaico diverso, abrangente e rico sobre as questões que envolvem as pessoas deficientes e consequentemente toda a sociedade. Em todas as sessões são disponibilizados recursos de acessibilidade como a audiodescrição e legendas LSE (para surdos e ensurdecidos) e interpretação de Libras.

O Assim Vivemos já se consolidou como um importante espaço de reflexão já que também promove debates e oficinas sobre temas levantados pelos filmes, onde pessoas com deficiência e profissionais de referência com e sem deficiência se encontram. Com curadoria delicada e cuidadosa, que busca dar o espaço de fala e o protagonismo para as pessoas com deficiência contarem suas histórias, o Festival Assim Vivemos se revela uma experiência que encanta e transforma todos os públicos. 

SERVIÇO:

  • O que: Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência
  • Quando: De 10 a 14 de abril de 2021
  • Como: Duas sessões de filmes por dia, às 15h e 17h, seguidas de debate, às 19h
  • Onde: Edição online no *Site Oficial
  • Quanto: 100% gratuito
  • Acessibilidade: Tradução em Libras, legendagem, audiodescrição

– A programação completa do Festival Assim Vivemos está no *Site Oficial –

LINKS ÚTEIS:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Jornalista Inclusivo

Jornalista Inclusivo

Da Equipe de Redação JI
Editor responsável (MTB: 0089466/SP)

Todos os posts

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.