fbpx

10ª edição do Assim Vivemos: Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência

Arte com mulher sinalizando com as mãos e texto descrito na legenda, da 10ª edição do Assim Vivemos.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem de capa ilustrando “10ª edição do Assim Vivemos” é a arte com cena de um filme e informações em texto. Texto: Assim Vivemos. 10º Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência. Presencial: CCBB Rio, CCBB Distrito Federal, CCBB SP. Online: www.assimvivemos.com.br – Audiodescrição, LIBRAS e Legendas. Na imagem está a personagem do filme russo “Eu sou Irina”. Mulher de pele branca e cabelos curtos roxos. Está sinalizando com as mãos. Crédito: Reprodução/YouTube

Evento híbrido e gratuito exibe 29 produções inéditas de 14 países, de 22 de setembro a 11 de outubro

Com sessões online e presenciais no CCBB Rio, 10ª edição do Assim Vivemos terá filmes nacionais, dos EUA, Rússia, Espanha, Argentina, Austrália, Canadá, Cazaquistão, Costa Rica, Holanda, Irã, Israel, Itália e Reino Unido

O Assim Vivemos  Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência – o mais importante e longevo evento de cinema sobre o tema – realiza sua décima edição nos Centros Culturais do Banco do Brasil do Rio de Janeiro, Brasília e São Paulo. O CCBB Rio é o primeiro a receber o evento, entre os dias 22 de setembro e 11 de outubro, em formato híbrido: com sessões presenciais e virtuais.

Realização do Centro Cultural do Banco do Brasil, com patrocínio do Banco do Brasil através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Nº 8.313/1991 ), a produção da Cinema Falado Produções programou a exibição de 29 produções de 14 países, divididos entre curtas, médias e longas-metragens. Além das exibições, serão realizados quatro debates online

Assista, abaixo, a vinheta do Festival, com audiodescrição:

A 10ª edição do Festival traz sete filmes do Brasil, cinco dos Estados Unidos e da Rússia, dois filmes da Espanha e uma produção de cada um dos seguintes países: Argentina, Austrália, Canadá, Cazaquistão, Costa Rica, Holanda, Irã, Israel, Itália e Reino Unido.

No Assim Vivemos, as produções contam histórias com personagens ricos e diversos. São pessoas que buscam a realização de seus sonhos; que exigem serem ouvidas pela comunidade; que se expressam através da arte ou compartilham trajetórias de luta por seus direitos. Temas como educação inclusiva, sexualidade e esporte também são abordados.

Cartaz com texto descrito na legenda, cena do filme "Seremos Ouvidas", que estreia em Nova edição do Assim Vivemos 2021.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem é uma cena do “Seremos Ouvidas”, filme nacional dirigido por Larissa Nepomuceno. Na imagem está um grupo de mulheres segurando cartazes. Em destaque, um cartaz com a seguinte frase: “Mulheres Surdas. Pelo direito de se comunicar em Libras nas delegacias da mulher!”. Créditos: Divulgação

“É com muita alegria que chegamos a 10ª edição desse festival tão importante que acompanha as conquistas, lutas, perdas e ganhos das pessoas com deficiência nas últimas duas décadas. O Assim Vivemos é um evento transformador, que sempre ofereceu o espaço de fala para que as próprias pessoas com deficiência contem suas histórias, através dos filmes e debates. Estamos preparando uma edição linda e dessa vez com os debates e parte dos filmes também disponibilizados de forma online, ampliando assim o acesso de todos“, comenta Graciela Pozzobon, diretora do festival.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

Sessões Presenciais no RJ e Virtuais com acessibilidade

O público poderá participar do Assim Vivemos de duas formas: na sala de cinema do CCBB Rio ou acessando virtualmente parte da programação. Reaberto desde setembro do ano passado e seguindo as normas sanitárias, o Centro Cultural está preparado para receber a todos com segurança. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria no mesmo dia de exibição ou no link: https://www.eventim.com.br .

Homem branco com deficiência pintando um quadro. Descrição detalhada na legenda abaixo.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Cena de filme que estreia no Assim Vivemos mostra Jeremy, pessoa com deficiência, pintando um quadro. Tem pele branca, cabelos e barba castanhos curtos. Ele está de perfil, usa blusa preta e órtese na mão direita em que segura o pincel. Atrás dele há uma parede com outras telas. Cena faz parte do filme norte-americano “As belas cores de Jeremy Sicile-Kira” (em inglês, The beautiful colors of Jeremy Sicile-Kira), dirigido por Aaron Lemle, do ano 2020. Créditos: Divulgação

De 22 de setembro a 4 de outubro o CCBB recebe as sessões presenciais. Já as sessões online serão disponibilizadas aos poucos. A cada semana estarão no site do festival filmes relacionados aos debates semanais e na última semana, uma sessão extra.

Os 29 filmes do Assim Vivemos estão divididos em 12 programas com duração entre 57 e 94 minutos. Por dia, serão oferecidas três sessões presenciais com toda a programação e no site do festival serão disponibilizadas nove produções, sendo sete relacionadas aos temas debatidos: 

  1. A força da Arte; 
  2. Educação para todos; 
  3. Parceria colaborativa; 
  4. Em busca de uma voz. 

Participam das discussões pessoas com deficiência e especialistas. O link para participar será disponibilizado no site do festival no dia do encontro .

Cena de filme com dois homens, um deles calvo e com deficiência. Descrição na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Na imagem há dois homens e parte de outra pessoa no canto esquerdo. Homem branco com cabelos castanhos curtos está sentado à mesa, com uma caneta na mão. Veste paletó marrom e está olhando para o lado a outro homem, que está em pé, ao seu lado. A pessoa ao lado é um homem com deficiência, calvo e com pele branca. Usa óculos de grau e camiseta vermelha, enquanto gesticula. A cena é parte da produção australiana “Volta” (em inglês, The Loop), dirigida por Johanis Lyons-Reid e Lorcan Hopper, que estão na imagem. Créditos: Divulgação

Filmes contarão com recursos de acessibilidade como a audiodescrição e as legendas LSE (para surdos e ensurdecidos), além interpretação em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais). Os debates ao vivo terão interpretação em LIBRAS e serão disponibilizados gratuitamente através do site , assim como o catálogo digital do festival com informações, sinopses dos filmes e programação completa.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

Serão oferecidos cinco prêmios do júri e um do público, destinado ao filme escolhido nas três cidades. Os membros do júri são pessoas com deficiência, artistas e profissionais e, em cada edição, o júri cria novas categorias de prêmios, a fim de destacar as qualidades específicas dos filmes premiados. O troféu foi criado pela artista cega Virginia Vendramini. A direção geral do Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência é de Graciela Pozzobon.

Confira a programação completa do Assim Vivemos 2021, no site: www.assimvivemos.com.br

Imagem com mulher em cadeira de rodas se exercitando. A descrição detalhada está na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Cena do filme russo Imbatível Bunina (Unbeatable). Na imagem está a atleta Olga Bunina, em sua cadeira de rodas. Mulher branca com cabelos pretos curtos está se exercitando em equipamentos de musculação. Ela usa camiseta preta. A produção dirigida por Alexander Zinenko, retrata a força espiritual da atleta que foi 13 vezes campeã mundial de Queda de Braço, tida como a mulher mais forte do planeta. Créditos: Divulgação

SOBRE O CCBB RJ

O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro funciona de quarta a segunda (fecha terça), das 9h às 19h aos domingos, segundas e quartas e das 9h às 20h às quintas, sextas e sábados. A entrada do público é permitida apenas com agendamento online no site eventim.com.br , o que possibilita manter um controle rígido da quantidade de pessoas no prédio. Ainda conta com fluxo único de circulação, medição de temperatura, uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool gel e sinalizadores no piso para o distanciamento. Nos teatros e cinemas a lotação está reduzida para 40%.

Desde 15 de setembro, em atenção ao decreto municipal nº 49335 , o acesso ao CCBB só é permitido ao público que apresentar na entrada da instituição a comprovação de vacinação contra a COVID-19. 

SOBRE O FESTIVAL ASSIM VIVEMOS

Realizado desde 2003, o Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência, conta com o patrocínio do Centro Cultural Banco do Brasil. Evento bienal, promove a reflexão sobre temas como preconceito, invisibilidade social, mobilidade, afeto, superação, autonomia, inclusão e acessibilidade, trazendo para o Brasil o melhor da produção audiovisual mundial sobre o assunto.

Entre suas produções estão curtas, médias e longas metragens de diferentes nacionalidades que formam um mosaico diverso, abrangente e rico sobre as questões que envolvem as pessoas deficientes e consequentemente toda a sociedade. Em todas as sessões são disponibilizados recursos de acessibilidade como a audiodescrição e legendas LSE (para surdos e ensurdecidos) e interpretação de LIBRAS.

Banner em fundo amarelo claro e texto na cor vinho: Assim Vivemos - 10º Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner em fundo amarelo claro e o logo na cor vinho. Texto: Assim Vivemos - 10º Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência. Créditos: Divulgação

O Assim Vivemos já se consolidou como um importante espaço de reflexão, já que também promove debates e oficinas sobre temas levantados pelos filmes, onde pessoas com deficiência e profissionais de referência com e sem deficiência se encontram. Com curadoria delicada e cuidadosa, que busca dar o espaço de fala e o protagonismo para as pessoas com deficiência contarem suas histórias, o Festival Assim Vivemos se revela uma experiência que encanta e transforma todos os públicos.

SERVIÇO:

  • O quê: Assim Vivemos – Festival Internacional de Filmes sobre Deficiência
  • Onde: Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro – CCBB RJ
  • Local: Cinema I, capacidade de 33 lugares por sessão | Rua Primeiro de Março, 66 – Centro, Rio de Janeiro
  • Quando: De 22 de setembro a 11 de outubro de 2021
  • Horários: Domingo, segunda-feira e quarta-feira, de 9h às 19h | Quinta-feira, sexta-feira e sábado, de 9h às 20h
  • Como: De 22/09 a 4/10 – sessões presenciais | De 22/09 a 11/10 – sessões online de filmes relacionados aos debates e de filmes extras disponibilizados semanalmente
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.