fbpx

Websérie Pílulas da Pupila estreia dia 29 com recursos de acessibilidade

Imagem com logo da websérie Pílulas da Pupila, foto da personagem e texto, descritos na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Ilustração com fundo preto e logo da websérie ‘Pílulas da Pupila’, com fotografia da protagonista Pupila, e o texto: Websérie 9 episódios, 12 horas de live, 2 oficinas, @pipulasdapupila. Abaixo, as informações: acessível em Libras, audiodescrição, legendagem. Personagem fictício de outro planeta com cabelos cor de rosa longos e ondulados, três olhos acima da cabeça, como antenas ou sensores, pele roxa e contorno preto nos olhos, com plumas. Créditos: Edição JI

Utilize os recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão redondo flutuante, na barra da lateral esquerda. Para a tradução em Libras, acione o intérprete virtual da Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Primeira temporada segue até dia 6 de abril com um episódio inédito por dia no YouTube e Instagram

Com convite intergaláctico ao riso, websérie Pílulas da Pupila promete estimular reflexões em tempos de pandemia, com Libras, legendagem e audiodescrição

“Pílulas da Pupila” é uma websérie criada durante a pandemia, idealizada por Carolina Godinho, Diego Nardes, Monique Vaillé e Natasha Corbelino. Protagonizada pela atriz Monique Vaillé, a primeira temporada estreia nessa segunda-feira (29), de forma gratuita, no Instagram e YouTube, com o lançamento de um episódio por dia, até 6 de abril.

Segundo nota à imprensa, a produção conta as aventuras de Pupila, uma jovem recém-chegada de uma galáxia muito distante decidida a conhecer de perto os inimagináveis habitantes desse estranho mundo chamado Brasil.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

Ao todo são nove episódios, de um minuto cada, com recursos de acessibilidade: intérprete de libras, legendagem e audiodescrição. O projeto inclui também duas oficinas, além de uma live de 12 horas ininterruptas com Pupila.

A websérie foi contemplada pelo edital Retomada Cultural, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc, do Governo Federal.

Fotografia da protagonista da websérie Pílulas da Pupila, fazendo pose.
Descrição da imagem #PraCegoVer: A protagonista citada na primeira imagem, Pupila aparece fazendo pose, em cenário fictício do seu planeta, em outra galáxia. Está sentada ao chão, com as pernas cruzadas, sendo que perna direita está esticada e a esquerda dobrada, com as mãos no joelho esquerdo. Créditos: Divulgação

Pupila é uma arrebatada ativista interplanetária, contratada por associações de distantes galáxias para mapear crimes contra habitantes de outros planetas. “Os episódios trazem temas que nos atravessam nesses tempos pandêmicos, como vacina, e outros de interesse universal, como amor, comida, cultura e educação”, diz Natasha Corbelino, dramaturga e produtora do projeto.

“Pupila é de outro tempo, de outro lugar, chega ao Brasil e não entende nada do que está acontecendo, mas quer se alfabetizar no carioquês, principalmente na arte do encontro”, diz a atriz Monique Vaillé, também produtora do projeto.

“Sempre atenta, com seu olhar estrangeiro e pupilas bem abertas, Pupila está sempre pronta para denunciar os absurdos que encontra pela frente. Me aproprio desse olhar de fora para conduzir episódios que são ao mesmo tempo cômicos, genuínos e reflexivos”, diz Carolina Godinho, diretora e editora do projeto.

Webserie-Pilulas-da-Pupila-Jornalista-Inclusivo1
Descrição da imagem #PraCegoVer: Print da tela do computador, acessando o link da bio do Instagram do projeto. Imagem em fundo roxo com o texto: Pílulas da Pupila - Oficina Gratuita de “Modos de Criação Online”, com Natasha Corbelino. Logo abaixo, Pílulas Da Pupila - Oficina Gratuita de “Visagismo e Caracterização”, com Diego Nardes. Créditos: Reprodução / heylink.me/PilulasdaPupila

Um dia antes do lançamento da websérie, em 28 de março, Pupila fará uma live, por 12 horas ininterruptas, no Instagram, recebendo quem quiser falar com ela. O projeto da websérie conta ainda com duas oficinas gratuitas: “Visagismo e Caracterização”, com Diego Nardes; e “Modos de Criação On-Line”, com Natasha Corbelino. Inscrições devem ser feitas no link da bio do Instagram @pilulasdapupila.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

Ficha Técnica:

Idealização: Carolina Godinho, Diego Nardes, Monique Vaillé e Natasha Corbelino
Dramaturgia e Roteiro: Natasha Corbelino
Direção Geral e edição: Carolina Godinho
Performer: Monique Vaillé
Maquiagem, visagismo e figurino: Diego Nardes
Direção Musical: Felipe Storino
Direção de Produção: Monique Vaillé
Produção Executiva: Natasha Corbelino
Peruca: Lucas Souza
Costureira: Diego Nardes e Vera Costa
Tradução para Libras: JDL Traduções
Legendagem: Carolina Godinho
Roteiro audiodescrição: Maria Thalita de Paula
Locução de audiodescrição: Camilo Pellegrini
Oficinas: Diego Nardes e Natasha Corbelino
Assessoria de Imprensa: Júnia Azevedo – Escrita Comunicação
Mídias Sociais: Fabíola Godoi
Design Gráfico: Lucas Moratelli
Produção de Base: Waleska Âreas
Administração Financeira: Carla Torrez Azevedo
Supervisão da Prestação de Contas: Natália Simonete
Realização: Corbelino Cultural e Carolina Godinho

SERVIÇO:

  • O que: Websérie acessível ‘Pílulas da Pupila’
  • Quando: De 29/03 a 06/04, às 19h (estreia de um episódio por dia)
  • Onde: YouTube Pílulas da Pupila e Instagram @pilulasdapupila
  • Classificação etária: 16 anos
  • Acessibilidade: Tradução em Libras, audiodescrição e legendagem
  • Quanto: Gratuito
  • O que: Oficina ‘Visagismo e Caracterização’, com Diego Nardes
  • Quando: Dias 25 e 26 de março, das 18h às 20h
  • O que: Oficina ‘Modos de Criação Online’, com Natasha Corbelino
  • Quando: Dias 27 e 28 de março, das 10h às 12h
  • Onde: YouTube Pílulas da Pupila e Instagram @pilulasdapupila
  • Classificação etária: 18 anos
  • Quanto: Gratuito
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Jornalista Inclusivo

Jornalista Inclusivo

Da Redação jornalistainclusivo.com
Jornalista responsável (MTB: 0089466/SP)

2 Comments

  1. marcos

    Muito bom e útil este site.
    Gostei muito!
    Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.