Projeto Oportunidades Especiais: Combatendo a iniquidade de crianças e adolescentes com deficiência

Criança negra em cadeira de rodas e texto “Projeto Oportunidades Especiais - combatendo a iniquidade vivenciada por crianças e adolescentes com deficiência” - ASID Brasil.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida com sobreposição de texto, à esquerda: “Projeto Oportunidades Especiais – combatendo a iniquidade vivenciada por crianças e adolescentes com deficiência”. Abaixo, logo da ASID Brasil – Ação Social para Igualdade das Diferenças. A imagem mostra uma criança negra em cadeira de rodas, com cabelos presos em coque, camiseta amarela e calça jeans. (Imagem: Edição de arte. Foto: Divulgação)

Em Curitiba/PR, mapeamento identifica dificuldades para acessar serviços essenciais e serve como base para elaboração de planejamento de inclusão

Quantas pessoas com deficiência existem no seu círculo familiar? Quantos líderes com deficiência você já teve? A pertinência desses questionamentos sobressai na sociedade brasileira, na qual há 17,3 milhões de pessoas com deficiência com dois anos ou mais de idade, o equivalente a 8,4% da população ou uma a cada 13 pessoas, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2019 , realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents
    Scroll to Top

    Boa leitura!

    Publicidade

    Projeto Oportunidades Especiais

    Ainda no ano de 2019, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) mostrou que 2,6 milhões de famílias com pessoas com deficiência viviam com uma renda familiar per capita inferior a um quarto do salário mínimo.

    Os dados mostram que, embora existam mais discussões sobre a deficiência, essa disseminação não garante o acesso a uma vida digna. Para aumentar a inclusão das pessoas com deficiência desde a infância, a Ação Social para Igualdade das Diferenças (ASID Brasil) realiza o projeto Oportunidades Especiais, em Curitiba (PR).

    O objetivo da ASID é identificar crianças e adolescentes com deficiência de 0 a 17 anos que vivem na capital do Paraná e estejam com alguma demanda de acesso a serviços essenciais em áreas como saúde, educação, habitação, acessibilidade, mobilidade, empregabilidade etc. 

    A coleta de dados para a pesquisa é realizada pelo formulário online disponível até o segundo semestre de 2023 no link . Também é possível participar através do email oportunidadesespeciais@asidbrasil.org.br  e pelo Whatsapp (41) 99105-5509.

    Combatendo a iniquidade

    “O projeto Oportunidades Especiais tem um objetivo desafiador, porém, muito necessário. Assim como a ASID, o projeto também tem um papel importante de articulação entre os atores envolvidos, movimentando uma rede em prol da causa da pessoa com deficiência, de modo a contribuir com o desenvolvimento e abertura de oportunidades para crianças e adolescentes. A nossa atuação coletiva e nossos esforços nos fazem ter a expectativa de que o Oportunidades Especiais terá alto impacto e grandes resultados”, enfatiza Mariana Oliveira, líder de projetos da ASID. 

    O mapeamento – que inclui deficiências físicas, intelectuais, psicossociais, visuais, auditivas, múltiplas e o transtorno do espectro autista – fará um levantamento das necessidades das crianças e adolescentes beneficiadas para que, junto com a Rede do projeto, possamos realizar os encaminhamentos e inclusões necessárias. O projeto também prevê a construção de um plano de ação e acompanhamento dessas etapas.

    A importância do cuidado

    Zelar pela inclusão de crianças com deficiência é fundamental para proporcionar oportunidades de desenvolvimento em múltiplas esferas, aponta o Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas (UNICEF). Na pesquisa “Seen, counted, included: using data to shed light on the well-being of children with disabilities  (em tradução livre: Vistos, contabilizados, incluídos: usando dados para elucidar o bem-estar das crianças com deficiência), o órgão ressalta a importância dos cuidados durante a primeira infância, já que o desenvolvimento é fortemente influenciado por fatores biológicos e ambientais. 

    Por isso, essa etapa é uma janela de oportunidade para ações de prevenção e mitigação de vulnerabilidades que podem comprometer as perspectivas de vida em longo prazo. O estudo ressalta que a vida de muitas crianças com deficiência é marcada por uma profunda exclusão e privação. Em comparação com crianças sem deficiência, aquelas que apresentam deficiência possuem uma probabilidade 25% maior de não receberem estimulação precoce e cuidados adequados, 41% maior de sofrerem discriminação e 49% maior de nunca frequentarem a escola. Além disso, crianças com deficiência são 20% menos propensas a ter expectativas de uma vida melhor.

    Protagonismo PcD

    Quando existe o acesso aos serviços necessários durante a primeira infância, é frequente que as necessidades específicas dessas crianças sejam esquecidas. Muitas escolas apresentam falta de acessibilidade e despreparo para atender quem tem deficiência. As consequências disso são variadas: estigmas, dificuldade de alfabetização e de comunicação, repetição de séries e evasão escolar são algumas delas. Isso limita o desenvolvimento de habilidades e restringe oportunidades educacionais e profissionais ao longo da vida.

    No entanto, ao agir diretamente sobre a infância e a adolescência, a ASID reduz a marginalização e amplia as perspectivas de um futuro melhor, pois aumenta a visibilidade do problema, fortalece a rede de proteção de crianças e adolescentes e os torna protagonistas de suas próprias trajetórias. 

    Sobre a ASID Brasil

    A ASID é uma organização social voltada à construção de uma sociedade inclusiva por meio de projetos de responsabilidade social, como voluntariado, inclusão no mercado de trabalho e desenvolvimento de gestão de organizações parceiras. Com mais de dez anos de atividades, tem mais de 100 mil pessoas impactadas e mais de 7 mil voluntários. 

    A ASID também possui reconhecimento a partir de prêmios de empreendedorismo social nacionais e internacionais, como o Melhores ONGs Época, United People Global, e o Prêmio Viva Idea como melhor solução de impacto coletivo da América Latina. Mais informações, acesse o site www.asidbrasil.org.br

    Serviço

    Projeto Oportunidades Especiais

    > Local: Curitiba (PR) 

    > Data: Disponível até o 2º semestre de 2023

    > Inscrições: Formulário no link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSer

    > Email: oportunidadesespeciais@asidbrasil.org.br

    > Telefone: (41) 9105-5509

    > Dúvidas e informações: leonardo@asidbrasil.org.br  

    Jornalista Inclusivo
    Jornalista Inclusivo

    Da Equipe de Redação

    • Siga nas redes sociais:

    Deixe um comentário