Pequena Lo e convidados do “Nossa Casa” participam de live hoje, Dia Mundial da Paralisia Cerebral

Banner de divulgação da live pelo Dia Mundial da Paralisia Cerebral, 6 de outubro. Foto dos participantes Rafa Bonfim, Pequena Lo, Mariana Nolasco, Lari Mariano e Daniel Gonçalves. Pequena Lo e convidados do Instituto Nossa Casa.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte de divulgação, com fotos e texto. No topo, à esquerda: “Live – Milhões de Motivos, Dia Mundial da Paralisia Cerebral. 06 de outubro, 20h. No canto direito superior, logo do Instituto Nossa Casa e a informação: “Ao vivo pelo nosso Youtube”. No centro da arte aparecem as fotos dos participantes e seus nomes no rodapé: “Rafa Bonfim, Pequena Lo, Mariana Nolasco, Lari Mariano, Daniel Gonçalves e muito mais”. (Imagem: Edição de arte. Créditos: Site do Instituto Nossa Casa)

Evento celebra o 06 de outubro no Youtube do Instituto Nossa Casa, com participações da cantora Mariana Nolasco e do cineasta Daniel Gonçalves, entre outros convidados

O Instituto Nossa Casa, plataforma nacional destinada a traduzir o conhecimento científico sobre Paralisia Cerebral (PC), realiza nesta quinta-feira, dia 06 de outubro, uma live para celebrar o Dia Mundial da Paralisia Cerebral. Pessoas com deficiência (PcDs) serão destaques no evento, transmitido pelo YouTube da instituição às 20h.

Como aliada da causa, a cantora Mariana Nolasco estará com sua banda na live, que contará também com a participação da influencer Pequena Lo, do cineasta Daniel Gonçalves e a apresentação do jornalista Rafael Bonfim, que tem paralisia cerebral e é cofundador do Instituto Nossa Casa.

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents

    Boa leitura!

    Publicidade

    06 de outubro pelo mundo

    O Dia Mundial da Paralisia Cerebral mobiliza mais de 100 países para a conscientização sobre pessoas com PC e suas famílias, aliados, apoiadores, além de diferentes organizações. A data conta com apoio da Rede Global de Paralisia Cerebral que promove a campanha mundial “Milhões de Razões” para trazer visibilidade e financiamento à causa.

    “Para falar sobre essa causa, nós, do Instituto Nossa Casa, optamos pela força da música e da arte que tanto nos encantam. Nossa live trará entretenimento e informação sem que as pessoas precisem sair de casa”, destaca Rafael Bonfim.

    A paralisia cerebral é um grupo de desordens do desenvolvimento do movimento e postura, causando limitação da atividade, atribuído a distúrbios ocorridos no desenvolvimento do cérebro fetal ou infantil. Hoje existem mais de 17 milhões de pessoas no mundo com essa condição e aproximadamente 350 milhões de familiares, amigos e apoiadores envolvidos em seu apoio e suporte.

    PC no Brasil

    No Brasil há uma carência de estudos sobre a prevalência da PC no cenário nacional, entretanto, há projeções de que a cada 1.000 crianças que nascem, sete apresentam essa condição. Para Marina Junqueira, cofundadora do Instituto Nossa Casa, a informação tem o poder de mudar vidas.

    “O processo de inclusão depende de todos. No dia 06 de outubro, vamos trazer a presença de pessoas com deficiência e com PC na live e continuar a propagar a mensagem sobre um futuro mais acessível para todos. Temos sempre muito a aprender quando falamos sobre reabilitação, inclusão, vida social e sobre uma sociedade menos capacitista e essa será uma grande oportunidade”, afirma Marina.

    Publicidade

    Por que celebrar este dia?

    Na celebração do Dia Mundial da Paralisia Cerebral, o objetivo é garantir que crianças e adultos com PC tenham os mesmos direitos, acesso e oportunidades que qualquer outra pessoa na sociedade.

    “Juntos podemos fazer isso acontecer. A paralisia cerebral é uma das deficiências menos compreendidas e as pessoas com paralisia cerebral muitas vezes estão fora de vista, fora da mente de outras pessoas e sem opções nas comunidades ao redor do mundo, o que precisa mudar. Por isso é tão relevante trazer o assunto para discussão sempre. A data é um marco importante, mas esse tema precisa estar dentro do nosso cotidiano”, destaca Beatriz Santos Vieira, cofundadora do Instituto.

    Arte com fotografias em preto e branco da Pequena Lo, Mariana Nolasco e Rafa Bonfim, com filtro verde: Pequena Lo e convidados do Instituto Nossa Casa.
    Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com três fotografias em preto e branco com filtro verde. À esquerda está a influencer Pequena Lo. Usa muletas e sorri. No centro está a cantora Mariana Nolasco, tocando violão sentada. Na lateral direita está o jornalista e cofundador da Nossa Casa, Rafael Bonfim. Usa terno, óculos de grau e cadeira de rodas. (Imagem: Edição de arte. Fotos: Divulgação/Nossa Casa)

    Pequena Lo e convidados

    Engajada nessa causa, a cantora Mariana Nolasco é uma importante aliada no palco da live. “As pessoas com deficiência são protagonistas desta live – assim como devem ser em todos os espaços, atividades e em suas escolhas. É um privilégio participar dessa iniciativa como aliada, colocando minha música como instrumento para ajudar a disseminar informações importantes sobre paralisia cerebral e outras deficiências”, afirma a artista

    Já a influencer Pequena Lo afirma que “numa discussão sobre inclusão e acessibilidade devemos ter como prioridade ouvir o que as pessoas com deficiência têm a dizer e a contribuir com a sociedade, para que juntos consigamos lutar contra o capacitismo e fazer do mundo um lugar para todos. O Instituto Nossa Casa tornou-se uma referência ao compartilhar conhecimento sobre paralisia cerebral, mostrando que existe uma luta pelos direitos das pessoas com PC – que, nesta live, estarão no centro das atenções”.

    Serviço

    Live do Instituto Nossa Casa no Dia Mundial da Paralisia Cerebral

    > Onde: Canal do YouTube da Nossa Casa

    > Transmissão: https://www.youtube.com/c/InstitutoNossaCasa

    > Data: Dia 6 de outubro

    > Horário: Às 20h

    Para mais informações sobre Paralisia Cerebral e o Dia Mundial da Paralisia Cerebral acesse: worldcpday.org e nossacasa.org.br .

    Jornalista Inclusivo
    Jornalista Inclusivo

    Da Equipe de Redação

    • Siga nas redes sociais:

    Deixe um comentário