fbpx

Fundação Dorina lança campanha do Calendário Acessível 2022: Participe

Banner azul da Campanha do Calendário Acessível 2022, com foto de jovem branca com baixa visão.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner de lançamento da Campanha do Calendário Acessível 2022. Arte com fundo azul escuro, logo, fotografia e texto. Pergunta: “Qual a sua esperança para 2022?”. No canto direito está a fotografia de Laira, jovem de pele branca, cabelos pretos na altura dos ombros, que tem baixa visão. Usa óculos de grau e camiseta branca estampada com arco-íris. No canto esquerdo inferior está o logo da Fundação Dorina Nowill para Cegos. Créditos: Divulgação

Utilize os recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão redondo flutuante, na lateral esquerda. Para a tradução em Libras, acione a Maya, tradutora virtual da Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Ação busca conscientizar a sociedade para a causa das pessoas com deficiência visual

Verba arrecada na campanha do Calendário Acessível 2022 será usada na produção de 6 mil exemplares em Braille e com fonte ampliada, para distribuição gratuita às pessoas atendidas pela Fundação Dorina Nowill

Neste ano, o desejo de vencer barreiras e viver dias melhores esteve entre os pensamentos de milhares de brasileiros, e a chegada de um novo ciclo inspira a esperança, tema do Calendário Acessível 2022 da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

Com a campanha do novo calendário, a Fundação Dorina tem o objetivo de arrecadar verba para a produção de aproximadamente 6 mil exemplares em Braille e fonte ampliada, a serem distribuídos gratuitamente para pessoas cegas ou com baixa visão, atendidas pela instituição. Os interessados podem colaborar com a causa pelo site Kickante , através do link: fdnc.org/calendario2022 .

“A campanha do Calendário Acessível é uma maneira de conscientizar a sociedade sobre as necessidades das pessoas cegas ou com baixa visão e também fomentar um pouco de esperança. Para ilustrar as peças, selecionamos pessoas atendidas pela Fundação Dorina, que a cada dia enfrentam seus desafios com o apoio de um trabalho sério e comprometido”, declara Alexandre Munck, superintendente executivo da Fundação Dorina Nowill para Cegos.

Imagens ilustrativas das recompensas a apoiadores da campanha, detalhadas na legenda abaixo.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner com fundo amarelo e imagens das recompensas para apoiadores da campanha, com dois calendários, duas sacolas – ecológica e térmica, copo de viagem e o livro “Para quem quer ver além”. Na lateral esquerda está a informação: “Imagens meramente ilustrativas”. Créditos: Divulgação

Uma das histórias ilustradas é de Cristiano Junior, 23 anos, que deseja cursar Letras e se tornar professor de inglês para pessoas cegas, como ele. “Sei que tenho potencial e posso chegar lá! Em 2022, quero colocar a mão na massa e realizar o meu sonho. Por isso, espero que seja um novo ciclo de muita esperança para todo mundo também!”, comenta Junior.

Laira Sousa, de 13 anos, tem baixa visão e pretende começar aulas de teatro para vencer a timidez. “Quem sabe um dia eu possa até interpretar uma grande vilã nos palcos”, brinca. A jovem ressalta seu desejo para que todos tenham dias melhores. “Acima de tudo, espero que a gente tenha um ano incrível e cheio de boas memórias ao lado das pessoas que amamos”, comenta Souza.

Banner de divulgação da campanha do Calendário Acessível 2022, e a pergunta: Qual a sua esperança para 2022? Foto de Laira.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner em fundo branco e logo da Fundação Dorina Nowill para Cegos. Abaixo aparece a pergunta: “Qual a sua esperança para 2022?”. Ao lado aparece a foto de Laira, descrita anteriormente, e um retângulo com a informação: “Laira tem baixa visão e é atendida pela Fundação Dorina. Créditos: Divulgação/Editado

Os calendários possuem diversos recursos voltados à acessibilidade, como impressão em Braille, fonte ampliada, contraste de cores e audiodescrição. Por isso, essas peças colaboram com a leitura e autonomia das pessoas cegas ou com baixa visão, que poderão conferir as histórias de esperança e as datas sem necessitar de ajuda.

De acordo com o valor doado, as pessoas têm direito a um kit com diversas recompensas, por exemplo, sacola ecológica, copo de viagem e sacola térmica. Além disso, essa é uma oportunidade de colaborar com a produção dos Calendários Acessíveis para pessoas cegas ou com baixa visão.

Abaixo a lista completa dos kits e respectivos valores para doações:

  • Respeito: Por R$ 39,00, é possível doar 1 calendário para uma pessoa cega ou com baixa visão e ganhar 1 calendário + 1 sacola ecológica;
  • Alegria: Por R$ 59,00, é possível doar 1 calendário para uma pessoa cega ou com baixa visão e ganhar 1 calendário + 1 copo de viagem;
  • Saúde: Por R$ 75,00, é possível doar 2 calendários para duas pessoas cegas ou com baixa visão e ganhar 1 calendário + 1 sacola ecológica + 1 copo de viagem;
  • Esperança: Por R$ 139,00, é possível doar 4 calendários para quatro pessoas cegas ou com baixa visão e ganhar 2 calendários + 1 sacola ecológica + 1 sacola térmica + 1 livro “Para ver Além” + 1 copo de viagem.

SOBRE A FUNDAÇÃO DORINA

A Fundação Dorina Nowill para Cegos é uma organização sem fins lucrativos e de caráter filantrópico. Há 75 anos se dedica à inclusão social de crianças, jovens, adultos e idosos cegos e com baixa visão. A instituição oferece serviços gratuitos e especializados de habilitação e reabilitação, dentre eles orientação e mobilidade e clínica de visão subnormal, além de programas de inclusão educacional e profissional.

Responsável por um dos maiores parques gráficos de braille no mundo, com capacidade de impressão de até 450 mil páginas por dia, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é referência na produção e distribuição de materiais nos formatos acessíveis braille, áudio, impressão em fonte ampliada e digital acessível, incluindo o envio gratuito de livros para milhares de escolas, bibliotecas e organizações de todo o Brasil.

A instituição também oferece uma gama de serviços em acessibilidade, como cursos, capacitações customizadas, sites acessíveis, audiodescrição e consultorias especializadas. Com o apoio fundamental de colaboradores, conselheiros, parceiros, patrocinadores e voluntários, a Fundação Dorina Nowill para Cegos é reconhecida e respeitada pela seriedade de um trabalho que atravessa décadas e busca conferir independência, autonomia e dignidade às pessoas com deficiência visual. 

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Jornalista Inclusivo

Jornalista Inclusivo

Da Equipe de Redação JI
Editor responsável (MTB: 0089466/SP)

Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.