ChatGPT na Saúde: USP discute uso da inteligência artificial na medicina

Foto de notebook ligado mostrando na tela os nomes ChatGPT, Open AI e a imagem digital de um estetoscópio. Ao lado, sobre a mesa, uma prancheta com o nome FMUSP e ChatGPT na Saúde.
Iniciativa da FMUSP, o Simpósio ChatGPT na Saúde deve mostrar visão ampla e atualizada sobre a aplicação do algoritmo de inteligência artificial (IA). (Imagem: Edição. Mockup: Freepik)

Faculdade de Medicina da USP promove simpósio online e gratuito sobre a inteligência artificial no ensino médico, pesquisa e cuidados com pacientes.

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) está organizando o Simpósio “ChatGPT na Saúde – Impactos no ensino médico, na pesquisa e nos cuidados com o paciente”, para discutir os rumos da aplicação de algoritmos baseados em inteligência artificial (IA) na área médica.

• Índice
    Add a header to begin generating the table of contents
    Scroll to Top

    Boa leitura!

    Simpósio ChatGPT na Saúde

    Iniciativa da FMUSP, o simpósio deve oferecer aos participantes do evento uma visão ampla e atualizada sobre a aplicação do algoritmo baseado em inteligência artificial da Open AI, que utiliza redes neurais e machine learning nas áreas da saúde e educação médica. 

    O evento será no dia 20 de março de 2023, das 18h às 20h, de forma online e gratuita. Segundo informações do site da FMUSP , a transmissão acontecerá no canal do YouTube @culturaeextensaofmusp2577, no link

    Programação

    A abertura do evento será realizada pelo Reitor da Universidade de São Paulo (USP), Prof. Carlos Gilberto Carlotti, e pela Diretora da FMUSP e Presidente do Conselho Deliberativo do Hospital das Clínicas (HCFMUSP), Profa. Eloisa Bonfá.

    Na primeira parte do evento, serão promovidas duas conferências. A primeira, intitulada “Entendendo o ChatGPT”, será ministrada pelo conferencista e autor do livro Fluent Python, Luciano Ramalho. Já a segunda, chamada “Chat GPT na saúde”, será ministrada pelo chefe da Disciplina de Telemedicina na FMUSP, Prof. Chao Lung Wen.

    Na segunda parte do evento, será realizada uma discussão acerca da questão “Como o ChatGPT pode influenciar várias áreas da saúde?”, subdividida em quatro temas.

    O primeiro tema abordará o ensino médico e será coordenado por Patricia Tempski, Coordenadora do Centro de Educação Médica (CEDEM) da FMUSP. O segundo tema tratará da pesquisa na área da saúde e será coordenado pelo Diretor Científico da FAPESP, Dr. Luís Eugênio Mello. O terceiro tema será sobre os cuidados com pacientes e será coordenado pelo Diretor da Divisão de Pneumologia do InCor e da Saúde Digital do HCFMUSP, Prof. Carlos Roberto Carvalho. Por fim, o quarto tema irá discutir os aspectos legais e éticos relacionados ao ChatGPT e será coordenado pela Coordenadora da CONEP/CNS, Laís Boinlha.

    O encerramento do evento será enunciado pela Diretora da FMUSP, Profa. Eloisa Bonfá, e pela Presidente do Conselho Diretor do IMREA do HCFMUSP, Profa. Linamara Battistella.

    Simpósio online e gratuito

    Com o Simpósio ChatGPT na Saúde, ao promover a discussão sobre o impacto do ChatGPT, a Faculdade de Medicina da USP fomentará a importante reflexão sobre os aspectos éticos e legais relacionados à sua aplicação na área da saúde.

    Renomados professores e especialistas em saúde e tecnologia devem compartilhar suas perspectivas sobre o uso da ferramenta de IA. A transmissão online permitirá o acesso a informação para pessoas de todo o país.

    O Simpósio ChatGPT na Saúde é uma oportunidade para quem deseja aprofundar seus conhecimentos sobre as aplicações da inteligência artificial e discutir os desafios e oportunidades que essa tecnologia oferece. Para participar, basta acessar o link de transmissão  no dia 20 de março, das 18h às 20h.

    Mas afinal, o que é o ChatGPT?

    De acordo com o próprio ChatGPT, trata-se de um algoritmo de linguagem natural, que utiliza redes neurais e machine learning para simular conversas humanas de forma muito similar à de um ser humano. O GPT (Generative Pre-trained Transformer) é a sigla para um modelo de linguagem artificial desenvolvido pela OpenAI, empresa de pesquisa em Inteligência Artificial cofundada por Elon Musk.

    O modelo de IA do ChatGPT foi treinado em enormes conjuntos de dados de texto, que incluem desde conversas informais até textos formais, como notícias e artigos acadêmicos. Dessa forma, o algoritmo é capaz de “entender” o significado das palavras e, assim, gerar respostas contextualmente coerentes.

    A aplicação do ChatGPT na saúde tem sido explorada em diversas áreas, como no desenvolvimento de chatbots para atendimento médico online, no diagnóstico por imagem, no processamento de dados clínicos e em pesquisas científicas. Devido ao seu potencial de aumentar a eficiência e a qualidade dos cuidados com o paciente, o uso do ChatGPT tem sido amplamente estudado e discutido na área médica.

    Este post tem um comentário

    1. Avatar de GPT Online
      GPT Online

      Adorei o artigo sobre o uso da inteligência artificial na medicina! É incrível ver como a tecnologia está revolucionando a área da saúde. Parabéns pelo excelente conteúdo!

    Deixe um comentário