fbpx

Benefícios da Equoterapia para autistas

Mãos de criança na sela de um cavalo para texto Benefícios da Equoterapia para autistas - Foto de Marco Quintana

Descrição da Imagem #PraCegoVer: Fotografia colorida ilustra o texto sobre os Benefícios da equoterapia para autistas.  As mãos de uma criança segura o cilhão, que é a alça da sela amarrada ao dorso de animais de montaria. A mão de outra segura a perna da criança que está montada no cavalo. A fotografia não mostra a cara e o corpo do animal, assim como o rosto das pessoas. Foto: Marco Quintana

Projeto em Porto Alegre beneficia crianças e adolescentes de baixa renda

Desenvolvido em parceria público-privada, o projeto ‘Equoterapia e Educação’ atende jovens com deficiência e crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

O tratamento de pessoas com deficiência ou com Transtorno do Espectro Autista (TEA) utilizando animais traz benefícios relacionados ao bem-estar físico e emocional, como indicam diversos estudos sobre os ganhos da interação entre homens e animais.

Em Porto Alegre, no Rio Grande Sul, o Centro de Equoterapia Cavalo Amigo desenvolve seu trabalho com o objetivo de profissionalizar cada vez mais a Equoterapia no Brasil.

Sob a coordenação da psicóloga Silvia Scheffer e do educador físico Sandro Fernandes, a equipe trabalha em uma área de dez hectares dentro da Sociedade Hípica Porto Alegrense, em um ambiente natural com toda infraestrutura e segurança.

Os aspectos sociais, orgânicos e afetivos, são trabalhados juntamente com os aspectos pedagógicos, desenvolvendo desta maneira os objetivos de reabilitação global. As terapias utilizando cavalo podem ser consideradas como um conjunto de técnicas reeducativas que agem para superar danos sensoriais, motores, cognitivos e comportamentais.

426131 362092843821495 1901522051 n
Descrição da Imagem #PraCegiVer: Imagem retangular com o texto: Revista Autismo, Informação gerando ação. A lateral esquerda da imagem tem uma faixa vermelha, onde esta a letra A, na cor verde, e o resto da palavra Autismo, com borda vermelha sobre um fundo branco. Imagem: Reprodução Facebook

4 fases para os benefícios da equoterapia para autistas

Condições como o autismo, são trabalhadas em quatro fases na equoterapia para a aceitação do contato com os animais:

  • A primeira é a fase da aproximação, onde a pessoa conhece o animal e suas características como a temperatura, movimentos, textura da pelagem, entre outros, propiciando a oportunidade de comparações e estimula a curiosidade;
  • A segunda fase é da descoberta, e engloba duas etapas, sendo a primeira no solo feita de forma lúdica estimulando o contato efetivo com o cavalo e a segunda em montaria parada para adaptação e percepção das possibilidades da relação com o animal;
  • A terceira fase diz respeito à sessão de equoterapia, onde se faz o aprendizado que são internalizados;
  • A quarta fase é a da ruptura, que se torna importante para continuidade do trabalho, pois é preciso o entendimento por parte da criança que o término da sessão não significa que ela não terá a possibilidade de retorno e sim uma pausa até a próxima semana.

A utilização do cavalo para o tratamento produz importante participação no aspecto psíquico, uma vez que o indivíduo usa o animal para desenvolver e modificar atitudes e comportamentos. 

Benefícios da Equoterapia para autistas - Foto de Marco Quintana
Descrição da Imagem #PraCegoVer: Fotografia colorida em área externa com quatro pessoas caminhando de frente a câmera. Um garoto de pele branca está montado ao cavalo, enquanto outras três pessoas o acompanham. Uma pessoa está ao lado direito do jovem, segurando sua perna. Outra pessoa está do lado oposto, e a terceira na frente, guiando o cavalo. Foto: Marco Quintana

Projeto Equoterapia e Educação em Porto Alegre

Centro Cavalo Amigo de Equoterapia – afiliado a Associação Nacional de Equoterapia (ANDE BRASIL), promove o projeto “Equoterapia e Educação”, em parceria com a Secretária de Educação de Porto Alegre (SMED).

Levando os benefícios da equoterapia para pessoas com autismo – o projeto “Equoterapia e Educação” é direcionado a crianças e adolescentes de baixa renda. 

Confira abaixo no vídeo:

O projeto consiste em utilizar os recursos da equoterapia para pessoas autistas ou que tenham alguma deficiência. A utilização do cavalo para produz importante participação no aspecto psíquico, uma vez que o praticante usa o animal para desenvolver e modificar atitudes e comportamentos. 

A Equoterapia é um trabalho reconhecido pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), reconhecida por Lei Federal (Lei Nº 13.830/2019 ), e que exige cuidados em relação ao manuseio do cavalo e com os praticantes.

Da Assessoria de Imprensa
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Rafael Ferraz Carpi

Rafael Ferraz Carpi

Rafael Ferraz Carpi - Founder & Publisher (MTB: 0089466/SP). Jornalista formado em Comunicação Social (2006), Rafael assina como Editor responsável pelo conteúdo, edição geral e publicações. Autor do projeto Jornalista Inclusivo (JI) nas redes sociais e na Web, foi repórter em jornais impressos e em rádio AM, fotógrafo em navios internacionais de cruzeiro e assessor de imprensa. Ativista social, é criador de conteúdo digital acessível, redator web, e estrategista de marketing digital em mídias sociais.

Todos os posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.