fbpx

Sextech é alternativa de prazer para pessoas cegas

Imagem ilustra “Sextech é alternativa de prazer para pessoas cegas”. Fotografia com filtro roxo e sobreposição da logomarca da plataforma. Descrição na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem de capa ilustrando “Sextech é alternativa de prazer para pessoas cegas”. Fotografia com filtro roxo e sobreposição do logo da plataforma Tela Preta e o slogan: “Prazer ao pé do ouvido”, na parte inferior. Na fotografia estão os quatro criadores da sextech: Fábio Chap, Laís Conter, Samuel Aguiar e Guilherme Nakata. Créditos: Vinícius Pimenta/Editada

Utilize os recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão redondo flutuante, na lateral esquerda. Para a tradução em Libras, acione a Maya, tradutora virtual da Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Plataforma de áudios eróticos democratiza o mercado erótico no País

Startup do segmento sexual, a sextech Tela Preta é a primeira plataforma de áudios eróticos no Brasil, que surge como alternativa de prazer para pessoas cegas e com baixa visão

Cada vez mais os brasileiros estão se sentindo confortáveis em falar, fazer e consumir sexo. Um indicativo disso, é que de acordo com a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual, só no Brasil, o valor aproximado de vendas de produtos eróticos foi de R$ 2 bilhões no ano passado. Apesar de um considerado progresso desse mercado que ainda é visto como tabu, o setor encontra questões que precisam ser discutidas para mostrar, de fato, que cada vez mais ele se torna plural e democrático.

Hoje é possível pagar para assistir a vídeos de quem gosta de se exibir apenas por diversão, acessar sites de conteúdo erótico e trocar fotos e vídeos sensuais em conversas por aplicativos de mensagens. Isso é comum na rotina da pessoa habituada a consumir esse tipo de conteúdo. Mas a realidade é outra quando se trata de pessoas com deficiência visual, público que não é levado em consideração quando o assunto é vídeos eróticos.

No Brasil, as mais de 6,5 milhões de pessoas cegas e com baixa visão, segundo dados do último Censo de 2010, equivalem a 3,5% da população, como mostra o site da Fundação Dorina Nowill para Cegos. Mesmo assim, apenas nos últimos anos as plataformas de vídeos eróticos começaram a incluir audiodescrição em suas produções. “Sendo assim, os áudios eróticos acabaram sendo uma boa opção para esse público”, explica Fábio Chap, criador da primeira plataforma de áudios eróticos no Brasil, a Tela Preta .

A plataforma possui cerca de 200 contos eróticos com temas variados como masturbação guiada, LGBTQI+ e até com brinquedos. Cada semana, novos áudios são disponibilizados dentro da plataforma. Para acessar o conteúdo é preciso ser assinante, e os preços variam entre R$ 14,99 por mês ou R$ 149,90 por ano.

Pessoa mostrando o celular na plataforma Tela Preta.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia de uma pessoa, em segundo plano, com o braço esticado para frente mostrando um celular. Na tela do dispositivo aparece o nome da plataforma “Tela Preta”, e o slogan “prazer ao pé do ouvido”. Créditos: Vinícius Pimenta/ Reprodução Estadão

“Já tivemos mais de 5 mil assinantes, mas não são todos que costumam deixar um depoimento sobre a experiência com os áudios, então não temos como mensurar com precisão quantos clientes com deficiência visual já utilizaram nosso serviço, mas tivemos um bastante interessante que disse que o que nós estamos oferecendo é algo totalmente inovador nesse mercado”, explica Chap.

Para deixar essa experiência ainda mais profunda e exclusiva, a plataforma disponibilizou recentemente um serviço que permite que o usuário crie o seu próprio conto erótico de acordo com suas fantasias pelo valor de R$597. A Tela Preta completou um ano em 2021, e o objetivo da plataforma sempre foi oferecer um serviço pioneiro e completamente diferente daquilo que até então era oferecido pelo mercado erótico.

“É uma honra conseguirmos promover inclusão em um setor que até então não costumava prestar atenção nesse público, e o melhor de tudo é que é algo produzido com qualidade, feito para uma pessoa conseguir se excitar apenas ouvindo vozes, sons e descrições, então tudo precisa ser elaborado levando em conta a imaginação das pessoas no momento que elas estiverem ouvindo os contos”, ressalta Chap.

Imagem com fundo escuro com o logo "Tela Preta". Abaixo aparece o slogan "Prazer ao pé do ouvido".
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem com fundo escuro com o logo "Tela Preta". Abaixo aparece o slogan "Prazer ao pé do ouvido". Créditos: Reprodução

SOBRE A TELA PRETA

Iniciada em abril de 2020, a startup Tela Preta é a primeira plataforma de áudios eróticos do Brasil. A ideia surgiu após Fábio Chap publicar em grupos de redes sociais contos eróticos narrados por ele. Enxergando uma grande oportunidade de empreendimento, o programador Samuel Aguiar propôs a Fábio criar uma plataforma digital para rentabilizar os áudios. Fábio chamou o produtor de áudio Guilherme Nakata e a designer e criadora de conteúdo Laís Conter para reforçar o time que viria a formar a Tela Preta. A plataforma foi batizada com esse nome pois no momento das gravações dos contos, Fábio colocava uma fita isolante na câmera do celular.

LINKS ÚTEIS:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Rafael Ferraz Carpi

Rafael Ferraz Carpi

Rafael Ferraz Carpi - Founder & Publisher (MTB: 0089466/SP). Jornalista formado em Comunicação Social (2006), Rafael assina como Editor responsável pelo conteúdo, edição geral e publicações. Autor do projeto Jornalista Inclusivo (JI) nas redes sociais e na Web, foi repórter em jornais impressos e em rádio AM, fotógrafo em navios internacionais de cruzeiro e assessor de imprensa. Ativista social, é criador de conteúdo digital acessível, redator web, e estrategista de marketing digital em mídias sociais.

Todos os posts

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.