fbpx

Secretaria anuncia 4 mil vagas de curso online gratuito de Libras para todo Estado de São Paulo

Pessoas se comunicando em Libras por chamada de vídeo e sobreposição do título "Curso online gratuito de Libras Módulo Básico, 4 mil vagas."
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte colorida com foto, filtro azul e texto, à esquerda: “Curso online gratuito de Libras Módulo Básico. Abaixo, o ícone de acessibilidade em Libras e a informação: 4 mil vagas. Na lateral direita da imagem, duas pessoas se comunicando em Libras por chamada de video. No foco, tela de laptop com mulher branca com cabelos pretos longo sinaliza. Em segundo plano, de frente para o computador, apenas as mãos da outra pessoa. No canto direito inferior, o logo do Governo de SP. (Foto: Edição Jornalista Inclusivo. Créditos: Shvets Production/Pexels)

Utilize recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão da lateral esquerda. Para tradução em Libras, acione a Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Com mais 4 mil vagas abertas, Secretaria quer ampliar as possibilidades de interação pessoal entre pessoas com e sem deficiência auditiva no Estado de SP

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcP-SP), em parceria com o Centro de Tecnologia e Inovação (CTI), abre inscrições para o curso básico de Libras (Língua Brasileira de Sinais) no formato educação a distância (EaD). O curso, totalmente gratuito, está sendo oferecido para todo o estado de São Paulo, a fim de promover a inclusão das pessoas com deficiência.

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents

    Boa leitura!

    CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

    Curso online gratuito - Libras Módulo Básico

    Ao todo, são 4 mil vagas que visam ampliar a autonomia do público com deficiência, o conteúdo tem o objetivo de capacitar o usuário para a comunicação por meio da Libras, a fim de incluir as pessoas com deficiência auditiva que utilizam essa língua para a comunicação.

    Os alunos matriculados poderão acessar os conteúdos e aulas ministrados por professores surdos com formação específica na área e, ao final do curso, com a aprovação das atividades avaliativas poderão receber o certificado de conclusão. A carga horária total é de 40 horas, divididas em 30 horas de aulas ao vivo, através de plataforma de videoconferência, e 10 horas de atividades extras desenvolvidas ao longo do curso.

    As aulas ao vivo acontecem em 3 diferentes possibilidades: segundas, quartas e sextas-feiras, no período noturno; terças e quintas-feiras, no período noturno; ou ainda aos sábados, no período diurno.

    Formulário de inscrição

    Pessoas com e sem deficiência, acima dos 18 anos, podem registrar seu interesse no curso. As inscrições devem ser feitas por meio de formulário. As vagas são limitas.

    “Todos os inscritos no Curso Básico de Libras – EAD de 2022. serão chamados para participar ao longo do ano”, informa secretaria, que abrirá novas turmas mensalmente. Uma equipe entrará em contato por e-mail ou telefone cadastrados, conforme a disponibilidade de vagas, por isso, é importante preencher todos os dados corretamente atualizados.

    Entre as informações, o formulário questiona se o interessado precisa utilizar recursos assistivos para participar do curso; se trabalha em organização que atende direta ou indiretamente pessoas com deficiência; se é uma pessoa com deficiência; se trabalha em órgão público; e qual preferência de horário.

    Para se inscrever, basta acessar o link: https://formularios.cti.org.br/inscricoes-curso-de-libras/ .

    Arte com plano de fundo azul e sobreposição de texto descrito na legenda: Curso de Libras Módulo Básico
    Descrição da imagem #PraCegoVer: Card quadrado com arte colorida sobre plano de fundo azul e sobreposição de texto. “Curso EAD de Libras. 4 mil vagas, exclusivas para todo Estado de São Paulo. Abaixo está a logo do Governo de São Paulo. (Imagem: Editada. Créditos: SEDPcD)

    Impacto da Libras em SP

    Atualmente, vivem quase 500 mil pessoas com deficiência auditiva no estado de São Paulo, de acordo com a Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Na atual gestão, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência abriu mais de 200 turmas do Curso de Libras com mais de 25 mil alunos inscritos.

    Base de dados SEPcD-SP

    A Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência é uma plataforma criada pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE, que reúne em um sistema de BI – Business Intelligence, dados censitários e informações sobre a pessoa com deficiência organizados nas áreas de educação, saúde, emprego e renda vulnerabilidade social, entre outras.

    A plataforma disponibiliza os dados organizados e integrados sobre as pessoas com deficiência no Estado de São Paulo, transformando-os em informações úteis a tomada de decisões.

    Também é um dos objetivos da ferramenta ser fonte de estudos para os pesquisadores e profissionais interessados na causa, além de ser um instrumento de monitoramento do progresso das políticas relacionadas a deficiência e da implementação da convenção internacional dos direitos da pessoa com deficiência.

    Para conhecer a plataforma e coletar informações, acesse o link:  https://basededadosdeficiencia.sp.gov.br/ .

    Compartilhar no whatsapp
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no telegram
    Compartilhar no email
    Jornalista Inclusivo
    Jornalista Inclusivo

    Da Equipe de Redação

    Todas

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Este site usa Cookies

    Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

    Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.