Startup lança pesquisa de trabalho PcD

Imagem de um laptop ligado para o texto Startup lança pesquisa de trabalho PcD

Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia colorida ilustrando o texto Startup lança pesquisa de trabalho PcD. Computador ligado na web, acessando a pagina da pesquisa. O notebook está sobre uma mesa branca, com uma xicara, um relógio e cadernos do seu lado direito, e do outro lado com um fone de ouvido vermelho, um caderno, maquina fotográfica, xicara e outro computador. Foto: Freepik Premium

Olist realiza pesquisa para entender o profissional com deficiência

Startup que contratou mais de 100 funcionários durante pandemia busca construir uma empresa mais inclusiva. Confira como participar e se candidatar às vagas:

A contratação de pessoas com deficiência ainda é um desafio enfrentado por diversas empresas, apesar dos números de mercado. O Censo 2010 do IBGE, mostrou que mais de 45 milhões de pessoas declararam ter algum grau de deficiência no Brasil.

Além dessa parcela da sociedade, que histórica e culturalmente encontra barreiras para ingressar no mercado de trabalho, hoje são mais de 12 milhões de desempregados em todo o país.

Pensando nisso, o Olist , startup de Curitiba (PR), que ajuda quem quer vender a encontrar quem quer comprar, acaba de lançar uma pesquisa . Segundo assessoria, para entender com mais profundidade as experiências e expectativas do profissional com deficiência.

“Quais dificuldades você já enfrentou, enfrenta ou imagina que poderá enfrentar em um novo local de trabalho? Qual é sua expectativa relacionada a um novo local de trabalho? Você tem preferência pelo trabalho home office?”, são algumas das perguntas da pesquisa.

Para Monica Calliari, Coordenadora de R&S (Recrutamento e Seleção) do Olist, o objetivo das empresas não pode ser única e exclusivamente cumprir a meta imposta pela legislação:

“A inclusão de pessoas com deficiência precisa se tornar um compromisso das empresas, precisamos contratar essas pessoas não só por ser a coisa certa a se fazer, mas por representarem uma importante força de trabalho”, comenta.

Fotografia de uma homem com deficiência visual para o texto Startup lança pesquisa de trabalho PcD
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia do Marcio Zebelin - Analista de Vendas, que tem deficiência visual. Ele veste camiseta azul com o nome Olist, tem pele branca, cabelos, barba e bigode pretos e curtos. Foto: Reprodução/ Divulgação

Startup lança pesquisa de trabalho PcD: Focada na inclusão

Reconhecida por prezar por seus funcionários e estimular ações de engajamento, a startup agora busca melhorar ainda mais a área de RH e construir uma empresa mais inclusiva. Para isso, o Olist conta com dois comitês construídos por colaboradores voluntários: Comitê de Clima e Cultura e Comitê de Diversidade.

No Comitê de Clima e Cultura, os participantes têm acesso aos resultados da pesquisa de eNPS para planejar ações internas focadas nos valores da companhia, incluindo ações de cunho social. E o Comitê de Diversidade é responsável por construir um ambiente cada vez mais seguro, inclusivo e com respeito às diferenças.

“A pesquisa é só o pontapé inicial de um grande plano de inclusão da empresa, um projeto construído por várias mãos e que busca trazer resultados a longo prazo”, afirma Rhayana Souza, Analista de Endomarketing e Employer Branding do Olist e integrante dos comitês.

Aos profissionais com alguma deficiência, a empresa auxilia na emissão do laudo médico, caso a pessoa não tenha, e ainda oferece possibilidade de trabalho remoto a nível nacional. Segundo Rhayana, uma empresa que valoriza as pessoas traduz este valor desde a forma como o CEO toma suas atitudes até como todos os funcionários são vistos.

Pessoas com deficiência podem se candidatar às vagas do Olist digitando este link: https://olist.gupy.io/jobs/104424

Link pesquisa sobre o mercado de trabalho PcD: http://lnkd.in/deXszax

Fotografia da equipe para o texto Startup lança pesquisa de trabalho PcD
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia da equipe Olist, majoritariamente feminina. Estão todos sentados numa espécie de mini arquibancada, com dois níveis. Na parte mais baixa são todas mulheres, e na parte mais alta há homens e mulheres. Todos vestem camiseta azul com o nome da startup, estão sorrindo e acenando. Foto: Reprodução/ Divulgação

Sobre o Olist:

Lançado em 2015, o Olist é uma startup que ajuda quem quer vender a encontrar quem quer comprar. Suas soluções possibilitam desde micros e pequenos negócios até grandes marcas a venderem mais, impactando milhões de consumidores em todo o país. Acesse olist.com  e saiba mais.

Com informações da assessoria de imprensa.
Rafael Ferraz (Editor)
Rafael Ferraz (Editor)

Comunicador Social desde 2006, jornalita pela Faculdade Prudente de Moraes (FPM). Trabalha com jornalismo digital acessível e consultoria em acessibilidade e inclusão. Foi repórter em rádio AM, jornais impresso, assessor de imprensa, executivo de contas e fotógrafo em navios de cruzeiro. É tetraplégico e ativista pelos direitos da pessoa com deficiência.

Todas

Deixe um comentário