fbpx

Magalu agora é acessível em Libras

Magalu agora é acessível em Libras
Descrição da imagem #PraCegoVer: Ilustração da notícia “Magalu agora é acessível em Libras” é uma arte colorida com fundo azul do logo Magalu, na metade superior da imagem. Logo abaixo do nome da loja, escrito em branco, há uma barra colorida com varias cores. Nos dois lados da marca aparecem os ícones de deficiência auditiva e da Libras, ambos customizados com as cores da barra. Logo abaixo está escrito em fonte branca “Acessível em Libras”. Na metade inferior da arte aparece a foto de duas mãos fazendo sinais da Libras para outras pessoas que aparecem em segundo plano. No lado direito do rodapé está a marca Pessoalize, responsável pelo serviço do atendimento na Língua Brasileira de Sinais. Créditos: Shutterstock/ Ass. Pessoalize/ Edição JI

Confira o relato de Nicolly Neves, surda e integrante da equipe do atendimento em Libras do Magalu

Em parceria com a Pessoalize, o Magalu agora é acessível em Libras e segue na missão de minimizar a desigualdade e potencializar a experiência de pessoas com deficiência auditiva na prática

O Magalu, ecossistema de varejo multicanal, anuncia um novo canal de atendimento exclusivo na Língua Brasileira de Sinais – Libras. A iniciativa, em parceria com a startup Pessoalize external link symbol 1 e1610500042865 , tem como objetivo facilitar o acesso à informação e atuar de forma resolutiva e direta com a comunidade surda.

A partir de agora, o consumidor poderá realizar atendimento pós-venda por videochamada, com uma equipe formada majoritariamente por pessoas surdas treinadas para atender os clientes em Libras. A companhia é a primeira varejista a oferecer o serviço no país.

“Este projeto está sendo muito importante. Nós surdos sofremos tantas barreiras por conta da acessibilidade, e agora ter essa oportunidade é um sentimento libertador, pois não precisaremos ficar dependendo de outras pessoas para resolver os nossos problemas. Agora, nós mesmos podemos resolver. Ter esse tipo de oportunidade de trabalho onde ouvintes e surdos trabalham em conjunto é gratificante, nos sentimos incluídos, compartilhando as mesmas coisas, aprendendo juntos. Isso sim, é igualdade”, relata Nicolly Neves, surda e integrante da equipe do atendimento em Libras do Magalu.

Imagem da avatar Lu - Magali agora é acessível em Libras

Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem da Lu, avatar do Magalu. Trata-se de uma imagem digital que personifica a atendente do Magalu external link symbol 1 e1610500042865. Uma mulher branca, com cabelos pretos, curtos, acima dos ombros. Ela veste blusa azul clara, está sorrindo, e com o rosto apoiado em uma das mãos. Atrás dela é possível ver um computador. Créditos: Reprodução/Facebook

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), o Brasil tem mais de 10 milhões de cidadãos com deficiência auditiva. O novo canal se sustenta em uma das missões do Magalu, a excelência em atendimento. “Oferecer este serviço em Libras é mais um passo da empresa para inclusão e acessibilidade. Queremos nos adaptar integralmente e sermos cada vez mais eficientes para todos os nossos clientes” afirma Ricardo Querino, gerente de Atendimento ao Cliente do Magalu.

A Pessoalize, startup de atendimento digital, foi escolhida para fazer parte da construção do projeto, pois é especialista em experiência digital inclusiva. “Nossa missão é conectar marcas e pessoas de forma humanizada, integrativa e inteligente, reduzindo as barreiras digitais de comunicação. Em parceria com a comunidade surda, construímos uma solução resolutiva, tornando o atendimento acessível de verdade.” afirma Joseph Lee Kulmann, CEO da Pessoalize.

Leia mais sobre a Pessoalize, aqui no Jornalista Inclusivo | Atendimento acessível e humanizado, por Joseph Lee Kulmann

Homem com deficiência auditiva
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia bem de perto mostra parte da cabeça e orelha de uma pessoa de pele branca e cabelos grisalhos. Usa aparelho auditivo e mascara hospitalar. Créditos: ShutterStock

Alguns consumidores já utilizaram o canal com a opção de atendimento em Libras. É o caso de Cíntia Santos de Oliveira, de Fortaleza-CE, que experimentou o serviço no dia 5 de janeiro: “Eu me senti emocionada quando do outro lado da tela surgiu uma pessoa para se comunicar comigo em libras. Essa nova opção de atendimento do Magalu tem uma importância muito grande, afinal, quebra muitas barreiras e torna o atendimento mais acessível. A partir de agora eu não vou mais depender de familiares ou de amigos para interagir com a empresa. Me sinto mais leve e segura”.

O serviço já está disponível, basta entrar no site do Magalu, clicar em “Atendimento” e depois selecionar “Libras”. Lá, o cliente será direcionado para receber atendimento de um agente fluente em Libras. O horário de atendimento desse novo canal é de segunda à sexta-feira, das 9h às 18h, não sendo necessário o agendamento prévio. Além do atendimento em Libras, temos os canais de texto (chat, e-mail e redes sociais) para os surdos que preferem se comunicar por escrito em português.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no tumblr
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
Jornalista Inclusivo

Jornalista Inclusivo

Da Equipe de Redação JI
Editor responsável (MTB: 0089466/SP)

Todos os posts

2 Comments

  1. Marcio Roberto

    To passando aqui de novo, pois já tinha salvo nos meus
    favoritos para ler depois com calma outras postagens.
    Quero te dar uma Sugestão… Como Anda as suas
    Divulgações? Já Pensou em Dar uma Turbinada no Número
    de Visitantes Reais por Aqui? E Quem Sabe Conseguir
    Novos Clientes? Se eu puder te ajudar de alguma forma
    gratuitamente, entra em contato comigo pelo email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site usa Cookies

Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.