Libras é o segundo idioma mais buscado no País, de acordo com Google Trends

Foto em ambiente externo com duas pessoas se comunicando em Libras. Elas são brancas e usam máscara de proteção transparente: Libras é o segundo idioma mais buscado no País.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida em área externa, com sobreposição do símbolo e do nome Libras, no canto direito inferior. Na imagem há duas pessoas conversando em língua de sinais. Uma pessoa aparece de costas, com cabelos ruivos na altura dos ombros. A pessoa que está de frente tem cabelos pretos curtos, usa máscara de proteção transparente e blusa cinza escura. As duas pessoas são brancas. Ao fundo há diversas árvores e gramado. (Imagem: Edição de arte. Foto: GettyImages)

Pesquisa realizada por plataforma de idiomas mostra que a procura por cursos da Língua Brasileira de Sinais disparou no Google, ficando atrás apenas do inglês; confira os números

As buscas no Google por um segundo idioma no Brasil ultrapassaram a marca de 11 milhões só em 2022. E mais de 98 mil dessas pesquisas miram em um curso que ensine a Língua Brasileira de Sinais (Libras). É o que revela um levantamento conduzido pela Preply . A plataforma de idiomas analisou mais de 11 milhões de pesquisas em 2022 no Google Trends em todas os estados do país, que envolviam termos relacionados a cursos de idiomas e montou um ranking das línguas mais procuradas.

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents

    Boa leitura!

    Publicidade

    Libras é o segundo idioma mais buscado

    Dos 24 idiomas analisados, o inglês lidera em todas as regiões e também a nível nacional. A língua, que é falada em mais de 35 países, foi buscada cerca de 1,2 milhões de vezes desde janeiro. A surpresa do estudo, no entanto, foi a explosão de buscas pela Libras, que totalizou quase 100 mil buscas, sendo o segundo idioma mais procurado pelos brasileiros em 2022. A procura por “cursos de Libras” teve 110% mais pesquisas que seu sucessor, o espanhol, que concentrou 46,6 mil. 

    De acordo com a Federação Mundial de Surdos (World Federation of the Deaf – WFD ), existem cerca de 70 milhões de pessoas vivendo com surdez, e mais 80% delas estão em países em desenvolvimento. Nos dias 23 e 26 de setembro, respectivamente, o mundo comemora o dia Dia Internacional da Linguagem de Sinais e o Brasil, o Dia Nacional do Surdo. Ambas as datas buscam relembrar as lutas da comunidade surda no mundo e a importância de se ampliar a acessibilidade na sociedade, sobretudo na comunicação.

    Interesse no idioma por estado

    Em 2002, a Língua Brasileira de Sinais foi denominada idioma e língua oficial da pessoa surda, por meio da Lei nº 10.436/2002 . Foi a primeira vez que o idioma foi reconhecido como tal. A Libras é um sistema linguístico assim como o português, mas possui estrutura gramatical independente, ou seja, não possui necessariamente sujeito e predicado como na língua portuguesa.

    Segundo o IBGE, cerca de 10 milhões de brasileiras(os) têm alguma deficiência auditiva, mas nem todas se comunicam por Libras. Mesmo assim, de acordo com a análise da Preply, em todos os estados do Brasil a procura por cursos e aulas de Libras totalizaram mais de 98 mil pesquisas.

    Top 10 idiomas mais buscados

    Arte com gráfico mostrando os números da pesquisa “Top 10 idiomas mais buscados”: Libras é o segundo idioma mais buscado!
    Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com gráfico mostrando os números da pesquisa “Top 10 idiomas mais buscados”. À aparecem as bandeiras e os nomes dos idiomas. À esquerda estão os números. Inglês: 1.274.577; Libras: 98.107; Espanhol: 46.656; Francês: 39.233; Italiano: 27.293; Coreano: 20.213; Alemão: 10.337; Japonês: 8.293; Mandarim: 5.370; Hebraico: 4.186. A arte também tem mapa do Brasil e a ilustração de uma pessoa com fones de ouvido manuseando dispositivo eletrônico. No canto esquerdo inferior aparece o nome “Preply”. (Créditos: Divulgação/Preply)

    Publicidade

    Buscas de cada região

    Na região Sudeste, os estados de São Paulo (31,3 mil buscas), Rio de Janeiro (8,9) e Minas Gerais (7,6) foram os que mais concentraram pesquisas relacionadas a cursos de Libras. Ao analisar os dados do Google Trends nos dois primeiros estados, pesquisas por “curso de libras gratuito”, ”bom dia em libras”, “desculpa em libras” e “dias da semana em libras” figuram entre os termos em ascensão. 

    Em Minas Gerais (MG), os usuários têm buscado pela “antiguidade e a história da educação de surdos”.

    No Nordeste, o público da Bahia (3,9) e Pernambuco (3,4), estados com maiores buscas relacionadas a cursos de Libras, querem saber como demonstrar afeto no idioma. Dentre os termos em ascensão relacionados à palavra “libras”, os internautas perguntaram ao Google como dizer “eu te amo” e “te amo” no idioma. 

    Quem domina na região Norte são os estados do Pará (2,6) e Amazonas (1,5). Na região sul, o Paraná (4,6) e o Rio Grande do Sul (4,2) lideram a lista. E finalmente na região Centro-Oeste, Goiás (2,7) e o Distrito Federal (2,5) são os estados com maior representação.

    Línguas de sinais no mundo

    Não é só no Brasil que a procura pela língua de sinais teve destaque. Segundo outra análise da Preply, após o lançamento do filme Eternos, que apresenta Lauren Ridloff no papel de Makkari, a “Eterna” que tem o poder da supervelocidade e é a primeira super-heroína surda do Universo Cinematográfico da Marvel, as pesquisas no Google por “primeiro super-herói surdo” dobraram no ano passado. Também houve um aumento de 250% nas pesquisas por “aprender língua de sinais para iniciantes”. 

    Metodologia

    O levantamento avaliou, por meio da ferramenta Keyword Planner, 11.072.770 buscas no Google Trends entre os dias 22 de janeiro e 22 de julho sobre termos e palavras-chave relacionados a cursos de idiomas. O estudo avaliou as buscas realizadas em todos os estados do Brasil. Consideramos apenas termos e palavras-chave em português.

    Publicidade

    Sobre a Preply

    A Preply é uma plataforma online de aprendizagem que conecta milhões de tutores nativos a alunos de todo o mundo. A empresa fundada em Kyviv, na Ucrânia e que conta com escritórios em Barcelona, Espanha, já alcançou mais de 140 mil tutores ensinando 50 idiomas em 203 países ao redor do planeta. A solução proporciona uma relevante e eficiente experiência de aprendizado a preços justos. Mensalmente, a Preply realiza pesquisa nas áreas de educação, mercado, estilo de vida e outros temas relevantes para o mundo globalizado.

    Jornalista Inclusivo
    Jornalista Inclusivo

    Da Equipe de Redação

    • Siga nas redes sociais:

    Deixe um comentário

    Este post tem um comentário