fbpx

DueLibras: Única dupla musical de Libras do País faz sua 1ª Live com banda no YouTube

Arte com foto de dois homens e sobreposição dos nomes: DueLibras, centralizado no topo e CarnaLibras, na parte inferior.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com foto e sobreposição dos nomes: “DueLibras”, centralizado no topo e “CarnaLibras”, na parte inferior. Entre os textos, uma foto descontraída da dupla, da cintura para cima. À esquerda está Lucas Brito. Homem branco com cabelos, cavanhaque e bigode pretos e curtos. Ao seu lado está Bruno Oliveira. Homem negro calvo com barba e bigode pretos e curtos. Os dois estão sorrindo, se olhando e usam camisa vermelha com pintas de onça. (Arte: Edição Jornalista Inclusivo. Créditos: Foto/ Divulgação)

Utilize recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão da lateral esquerda. Para tradução em Libras, acione a Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Misturando afrobeat e pop no single ‘Pode Bagunçar’ e covers das mais tocadas, Bruno Oliveira e Lucas Brito celebram o Dia Nacional da Libras com a live ‘CarnaLibras’

Em um país com mais de 10 milhões de pessoas com deficiência auditiva e com o objetivo de promover inclusão por meio da música, Bruno Oliveira e Lucas Brito criaram a DueLibras , uma dupla que ama se comunicar através da arte cantada e apaixonados pela comunidade surda. Essa é a primeira dupla do Brasil, que canta e interpreta em Libras (Língua Brasileira de Sinais).

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents

    Boa leitura!

    CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

    Duelibras: Inclusão no Carnaval

    Responsáveis pela preparação vocal de grandes artistas, como Ludmilla, Gloria Groove, Sorocaba e Paula Mattos, entre outros, Bruno e Lucas anunciam a primeira live musical da Duelibras. Para celebrar o Dia Nacional da Libras, em 24 de abril, a dupla apresenta a live Carnalibras.

    A live será direcionada para a comunidade surda, em homenagem a data especial e ao Carnaval como forma de inclusão. “Infelizmente, os sambódromos de São Paulo e Rio de Janeiro ainda não aderiram um formato inclusivo com tradução em Libras”, informa a assessoria de imprensa da dupla.

    Com quase 50 mil seguidores no TikTok , a Duelibras teve a iniciativa de unir o carnaval, com a data comemorativa e a revolução que o trabalho já tem surtido no cenário musical, desde que a dupla tem ganhado ascensão, por um nobre motivo: compartilhar a arte com toda a comunidade surda do País.

    1ª Live Musical da Duelibras

    A Live contará com um repertório especial e as participações dos artistas Carol Biazin e Luccas Carlos. A banda que vai acompanhar a dupla conta Jean Michell Drum (bateria), Rapha Dantop (teclados) e Douglas Couto (contra-baixo). E para acessibilizar a festa, haverá a colaboração da professora e intérprete de Libras, Ana Paula Campos.

    Focada em promover acessibilidade à comunidade surda, a dupla também promete uma interação visual e dinâmica para garantir ao público uma experiência única e prazerosa. A live será transmitida no canal do YouTube , a partir das 15h, no dia 24 de abril.

    Arte com foto de dois homens e sobreposição dos nomes: DueLibras, centralizado no topo e CarnaLibras, na parte inferior.
    Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com foto e sobreposição dos nomes: “DueLibras”, centralizado no topo e “CarnaLibras”, na parte inferior. Entre os textos, uma foto descontraída da dupla, de corpo inteiro. À esquerda está Lucas Brito. Homem branco com cabelos, cavanhaque e bigode pretos e curtos. Ao seu lado está Bruno Oliveira. Homem negro calvo com barba e bigode pretos e curtos. Os dois estão rindo e usam camisa vermelha com pintas de onça e calça preta. (Arte: Edição Jornalista Inclusivo. Créditos: Foto/ Divulgação)

    Single ‘Pode Bagunçar’

    Depois de muito preparo e dedicação para o primeiro projeto da carreira, os artistas Bruno Oliveira e Lucas Brito lançaram o single ‘Pode Bagunçar’, que chega com uma pegada afrobeat misturada com o pop. A música foi lançada no dia 16 de março, em todas as plataformas digitais.

    A faixa ainda tem um clipe, que conta com a participação de dois surdos interpretando um casal apaixonado. A produção audiovisual foi gravada em uma mansão no Joá, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ).

    “É nosso primeiro trabalho autoral, onde o conceito foi poder fazer música para ouvintes e, através do clipe, mostrar um pouco sobre a comunidade surda, trazendo uma música atual”, declara a dupla.

    Assista ao Clipe Oficial de ‘Pode Bagunçar’

    Em junho, os artistas darão mais um passo na carreira: o lançamento de um feat. Além disso, a dupla promete mais novidades ao longo deste ano. “A cada dia aprendemos mais sobre a comunidade surda e vamos mudando o conceito sobre a vida e sobre o som. Iremos dar nossa vida para eles (surdos) terem arte e entretenimento”, prometem.

    CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 
    Sobre a DueLibras

    Após depoimento de uma amiga professora sobre a exclusão de um aluno deficiente auditivo em um acampamento, a dupla percebeu o quanto é necessário oferecer igualdade em diversos momentos da vida e viram na música a possibilidade de escrever um novo capítulo na vida dessas pessoas. 

    A música sempre esteve presente na vida de ambos, em um projeto musical de Campinas, os amigos se conheceram e precisaram de apenas algumas semanas para iniciarem uma sociedade em uma empresa de preparação vocal. Com alguns anos de atuação, a empresa passou a se tornar cada vez mais renomada devido à produção de artistas como Ludmilla, Gloria Groove, Sorocaba, Paula Mattos, Dennis DJ, Orochi e muitos outros.

    Ganhando cada vez mais relevância, a dupla vem se tornando mais conhecida a cada semana nas redes sociais. Promovendo covers das músicas mais tocadas no país como Por Supuesto (Marina Sena), Malvadão (Xamã), Trem Bala (Ana Vilela) e outras.

    “Estamos extremamente felizes e gratos por todo carinho e reconhecimento, queremos proporcionar para milhares de brasileiros a oportunidade de se sentirem representados. Temos diversos planos para o futuro e o próximo a se tornar realidade será o lançamento de um single com audiovisual”, comenta Bruno Oliveira.

    Compartilhar no whatsapp
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no telegram
    Compartilhar no email
    RFerraz Carpi
    RFerraz Carpi

    Editor criador do Jornalista Inclusivo. Responsável pelo conteúdo (MTB: 0089466/SP). Formado em Comunicação Social (2006), repórter em jornais impressos, rádio AM, assessor de imprensa e fotógrafo em navios de cruzeiro. Especialista em conteúdo digital acessível, ativista socioambiental e consultor em diversidade e inclusão.

    Todos os posts

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Este site usa Cookies

    Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

    Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.