Pacto Nacional pela Inclusão Produtiva das Juventudes será lançado na segunda-feira (11)

Banner ‘Um chamado para a ação’ para a Inclusão Produtiva das Juventudes, com diversas pessoas jovens e logotipos da Unicef, OIT e Brasil.
O objetivo de criar o pacto nacional é construir uma política pública que promova a inclusão produtiva de jovens em situação de vulnerabilidade até 2030. (Image: Reprodução)

Unindo forças para a inclusão produtiva: um compromisso nacional com a juventude e com o futuro do país.

O Pacto Nacional pela Inclusão Produtiva das Juventudes , uma iniciativa conjunta do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), será lançado na próxima segunda-feira (11) em Bela Vista, São Paulo. O objetivo do pacto é construir uma política pública nacional que promova a inclusão produtiva de jovens em situação de vulnerabilidade até 2030.

Índice do conteúdo


Boa leitura!

Publicidade

O atual contexto do país

Este pacto é particularmente relevante no atual contexto do Brasil. Segundo dados recentes, o Brasil é composto por mais de 47,2 milhões de jovens, que representam quase um terço da população economicamente ativa. No entanto, mais de 27,1 milhões dessas pessoas estão desocupadas. Além disso, a inclusão produtiva da juventude é muito mais do que apenas números, é sobre o presente e o futuro do Brasil.

Lançamento do pacto nacional

O lançamento do pacto contará com a presença de várias personalidades, incluindo o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho; o diretor do Escritório da OIT para o Brasil, Vinicius Pinheiro; o representante do Unicef no Brasil, Youssouf Abdel-Jelil; e a oficial do Pacto Global da ONU, Thayná Leite.

A iniciativa visa promover atividades sobre a inclusão produtiva da juventude e sobre direitos no mundo do trabalho, com ênfase nos direitos da juventude e nas garantias dispostas no Estatuto da Juventude (Lei nº 12.852/2013) . Além disso, o pacto busca engajar-se na defesa de leis e de políticas que ampliem os direitos das juventudes e assegurem boas condições de trabalho, livre de discriminação.

Um diálogo aberto pela juventude

O programa Um Milhão de Oportunidades (1MiO), ação do Unicef voltada para a inclusão produtiva de adolescentes e jovens entre 14 e 29 anos, já conseguiu reunir 138 empresas, 1.833 municípios e 32 organizações civis, criando mais de 260 mil oportunidades.

Publicidade

Com o apoio do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o 1MiO fornece assistência técnica gratuita para ajudar governos, empresas e organizações da sociedade civil a progredir em suas agendas. Saiba mais acessando o site no Link .

Inclusão Produtiva das Juventudes

  • Por que aderir ao Pacto: O Pacto se baseia em evidências que mostram a importância e os benefícios da inclusão produtiva jovem, tanto para os próprios jovens quanto para a sociedade e a economia. O Pacto também oferece apoio técnico e orientação para os agentes transformadores que se comprometem com a causa.
  • Como aderir ao Pacto: Para fazer parte do Pacto, basta acessar o site no Link , clicar no botão “Quero fazer parte do Pacto”, buscar os compromissos que correspondem ao seu perfil, baixar o termo de adesão, assiná-lo e enviá-lo pela mesma página. Após receber a confirmação, você poderá comunicar e mobilizar outros agentes transformadores.
  • Quais são os compromissos: O Pacto propõe uma série de compromissos de ação para cada agente transformador, como governo, empresas, entidades formadoras, organizações de trabalhadores, organizações de empregadores, fundações, institutos e movimentos da juventude. Os compromissos envolvem desde o desenvolvimento e aprimoramento de políticas públicas até a oferta de oportunidades de formação, estágio, emprego e empreendedorismo para os jovens.

Publicidade

Serviço e programação

Lançamento Pacto Nacional pela Inclusão Produtiva das Juventudes

Programação:

  • 9h40 – Apresentação do Pacto Nacional Pela Inclusão das Juventudes
  • 10h – Participação das Fundações e Confederações
  • 10h20 – Participação das Juventudes
  • 10h50 – Compromisso das Empresas
  • 11h30 – Assinatura do Pacto
Rafael F. Carpi
Rafael F. Carpi

Jornalista, editor nas iniciativas Jornalista Inclusivo e PCD Dataverso. Formado em Comunicação Social em 2006, foi repórter, assessor de imprensa, executivo de contas e fotógrafo. É consultor em acessibilidade e inclusão, ativista dedicado aos direitos da pessoa com deficiência e redator na equipe Dando Flor.

LinkedIn

Deixe um comentário