Mostra da AACD, Pessoas com Diferentes Sonhos segue no Metrô de SP até dezembro

Arte com nome da mostra da AACD, Pessoas com Diferentes Sonhos e a foto de Manuella, jovem em cadeira de rodas.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com sobreposição do texto “Pessoas com Diferentes Sonhos”, na lateral esquerda, dentro de um círculo branco. Como plano de fundo, um degrade laranja translúcido revela a foto de Manuella Jabur. Jovem em cadeira de rodas, usa óculos de grau, tem a pele branca e cabelos escuros, amarrados atrás da cabeça. Créditos: YouTube/ MetroSPOficial /Edição JI

Objetivo é chamar a atenção para a causa da pessoa com deficiência e a importância da inclusão social

Estações República, Paraíso e Santa Cruz recebem até 9 de dezembro a exposição “Pessoas com Diferentes Sonhos”, compartilhando histórias de vida dos pacientes da AACD

Até o dia 9 de dezembro, em São Paulo (SP), as estações República (Linha 3-Vermelha), Paraíso (Linhas 1-Azul e 2-Verde) e Santa Cruz (Linha 1-Azul) recebem a exposição “Pessoas com Diferentes Sonhos”. A mostra faz parte do calendário de ações de utilidade pública do Metrô Social , em parceria com a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente.

Pessoas com Diferentes Sonhos tem como objetivo chamar a atenção da sociedade para a causa da pessoa com deficiência e a importância da inclusão social. O conceito da exposição é mostrar que ninguém pode ser definido apenas por sua deficiência – todos têm sonhos e capacidades para conquistá-los.

Foto do Pedro, adolescente com pele branca e cabelos pretos curtos. Está sentado, usa órteses em membros inferiores e tem duas muletas apoiadas ao seu lado.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida, em ambiente interno, com o jovem Pedro. Tem a pele branca e cabelos pretos curtos. Está sentado, usa órteses em membros inferiores e tem duas muletas apoiadas ao seu lado. Créditos: YouTube/ MetroSPOficial /Edição JI

A mostra traz esse conceito a partir das histórias de vida de pacientes da AACD. São pessoas de diversas idades e com diferentes ambições na vida, mas todas têm algo em comum: a vontade de ir em busca dos seus objetivos.

Na exposição, o público terá acesso a vídeos com depoimentos dos pacientes e também poderá ter mais informações sobre a patologia de cada um deles: paralisia cerebral, poliomielite, mielomeningocele, amputação, escoliose e artrogripose. Todas estão dentro das linhas de cuidado atendidas na AACD – Centro de Reabilitação e Hospital Ortopédico.

As fotos da exposição são da fotógrafa e artista Lidi Lopez, que também trabalhou todo o cenário visual em que estão os pacientes. O Grupo Fera Brasil é o responsável pela impressão do material.

inclusao e tema de mostra lancada pela aacd no metro de sao paulo
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida, em ambiente interno, na estação do Metrô de SP. A imagem apresenta alguns dos cartazes da mostra da AACD, Pessoas com Diferentes Sonhos, com fotos e histórias de pessoas atendidas pela instituição. Créditos: Divulgação

Fundada em 1950, a AACD possui uma infraestrutura completa dedicada à reabilitação e habilitação de pessoas com deficiências físicas e pacientes ortopédicos – composta por um hospital ortopédico, sete unidades de reabilitação e cinco oficinas para fabricação de produtos ortopédicos.

Realiza em média 800 mil atendimentos anuais para pacientes de todas as idades, via SUS, particular e convênios. Conta ainda com a AACD Lesf (unidade escolar), a área de Ensino e Pesquisa, que dissemina os conhecimentos adquiridos ao longo de sua história aos profissionais de todo o país e com a AACD Esporte, que contribui, por meio da prática esportiva, para a inclusão da pessoa com deficiência.

Deixe um comentário