Encontros Funarte Acessibilidança: Nova série de vídeos acessíveis no YouTube da Fundação

Banner colorido de divulgação da nova série de vídeos Encontro Funarte Acessibilidançaz.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Banner de divulgação da nova série de vídeos, com plano de fundo nas cores bordô, amarelo e preto. Sobreposição do título, centralizado. Texto: “Encontros Funarte Acessibilidança”. Abaixo aparecem os logotipos dos realizadores: Funarte; Secretaria Especial da Cultura; Ministério do Turismo; Governo Federal. Créditos: Reprodução/YouTube

Fundação Nacional de Artes reúne as companhias contempladas no Acessibilidança

Bailarinos, diretores e artistas das cinco regiões do país trocam experiências na série Encontros Funarte Acessibilidança, sobre a participação no Festival 100% voltado à acessibilidade e à inclusão

A Fundação Nacional de Artes – Funarte, por meio de sua Coordenação de Dança, apresenta nova série Encontros Funarte Acessibilidança, que segue de novembro até o início de dezembro. Serão disponibilizadas dez conversas em vídeos com artistas contemplados na primeira edição do Prêmio Festival Funarte Acessibilidança.

Com dois vídeos já no ar, o Encontro Região Norte e Região Sul, o objetivo é apresentar um pouco mais sobre as companhias e os espetáculos participantes do evento. A iniciativa promove uma troca de experiências sobre os caminhos percorridos para a criação e produção dessas montagens, totalmente voltadas à acessibilidade e à inclusão.

As sessões da nova série, com legendagem e Libras, são lançadas no canal da Fundação no YouTube, neste link: http://bit.ly/EncontrosFunarteAcessibiliDanca . Os vídeos são lançados às terças e sextas-feiras, com acesso gratuito, às 19h. As ações também serão divulgadas no Portal da instituição e nas redes sociais da Funarte. 

Mosaico com 30 fotografias dos participantes da nova série de vídeos "Encontros Funarte Acessibilidança.
Descrição da imagem #PraCegoVer: A imagem é um mosaico com 30 fotos e sobreposição dos logotipos da Funarte e Festival Acessibilidança, no rodapé, sobre uma tarja amarela. As fotografias mostram os rostos dos artistas responsáveis pelas companhias participantes e envolvidos. Créditos: Divulgação

Democratização, acessibilidade e inclusão por meio da arte

O primeiro Festival Funarte Acessibilidança foi criado a partir das ações do Prêmio Festival Funarte Acessibilidança Virtual 2020 . No concurso público, foram premiados 25 projetos de vídeos de espetáculos, que promovem o acesso de todas as pessoas à arte. O objetivo do processo seletivo é valorizar e fortalecer a expressão da dança brasileira, bem como fomentar a democratização, a inclusão e a acessibilidade.

A segunda edição do Acessibilidança, segundo assessoria de imprensa, já está sendo planejada, para proporcionar ao público espectador uma agenda diversificada e totalmente acessível por meio dos canais digitais da Funarte.

Entre junho e novembro deste ano, a Funarte exibiu em seu canal no YouTube os espetáculos contemplados na primeira edição do Prêmio . Companhias, diretores, bailarinos, artistas e profissionais de todas as regiões do país integraram o evento, inédito na instituição. As inovações no processo criativo, o compromisso com o coletivo e a contribuição para a elevação da autoestima e autonomia de movimento dos corpos, com e sem deficiência, são alguns dos assuntos relatados nos encontros, mediados por Fabiano Carneiro, coordenador de Dança da Funarte.

Print do YouTube com o coordenador de dança da Funarte, Fabiano Carneiro.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida, em ambiente interno, com sobreposição dos logotipos da Funarte e Festival Acessibilidança. Imagem mostra o coordenador de dança da Funarte, um homem branco de cabelos pretos curtos. Usa camisa azul marinho, na ocasião em que apresentou o Festival em video do YouTube. Atrás dele está um piano de parede. Na lateral direita aparece seu nome e, abaixo, no canto direito inferior, uma janela com a intérprete de Libras. Créditos: Reprodução/YouTube

“Toda essa experiência é relatada nos Encontros Funarte Acessibilidança. Com dez episódios, o público poderá acompanhar o relato das vivências ao longo do processo criativo para os espetáculos do Festival, sob o olhar dos diretores artísticos, coreógrafos, produtores e bailarinos”, destaca Fabiano Carneiro. “A importância da premiação para o desenvolvimento de um trabalho durante a pandemia da COVID-19, o desenrolar do processo criativo nesse contexto e a relevância da realização do Festival por parte da Funarte, em âmbito nacional, foram alguns dos pontos trazidos para a conversa”, complementa o coordenador.

Confira a programação do ‘Encontros Funarte Acessibilidança’

Dia 9 de novembro, terça-feira, às 19h:

  • Encontro Região Norte, com Caroline Galgane, da Cia. Lamira Artes Cênicas (TO); Andreia Machado, do Grupo de Dança Reconstruindo o Quilombo (RO); e Mario Nascimento, do Corpo de Dança do Amazonas (AM)

Dia 12 de novembro, sexta-feira, às 19h:

  • Encontro Região Sul, com Andréa Sério, do Grupo Nó Movimento em Rede (PR); Ana Luiza Ciscato, da Cia. de Dança Lápis de Seda (SC); e Daniele Zill, da Cia. Del Puerto (RS)

Dia 16 de novembro, terça-feira, às 19h:

  • 1º Encontro Região Nordeste, com Edu O, do espetáculo Ah, se eu fosse Marilyn! (BA); Luiz Carlos Vale, da Cia. de Dança Eficiente (PI); e Elísio Pitta, da montagem Rio sem Margem (BA)

Dia 19 de novembro, sexta-feira, às 19h:

  • 2º Encontro Região Nordeste, com Daniel Silva, do Grupo Movidos Dança Contemporânea (RN); Taciana Gomes, do espetáculo Ensaio sobre o Silêncio (PE); e Renée Loui, do Coletivo CIDA (RN)

Dia 23 de novembro, terça-feira, às 19h:

  • Encontro Região Centro-Oeste, com Carla Maia, do espetáculo Rodas em Dança: Livre e Lives (DF); Eliana Carneiro, da montagem Depois do Silêncio (DF); e João Rocha, do espetáculo Capão Dançante (MS)

Dia 26 de novembro, sexta-feira, às 19h:

  • Encontro misto com as regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste, com Alexandre Américo, do espetáculo Proibido Elefantes (RN); Marlini de Lima, da montagem TransBordar (GO); e Adelly Costantini, do espetáculo Coisa de Anjo (RJ)

Dia 30 de novembro, terça-feira, às 19h:

  • 1º Encontro Região Sudeste, com Renata Mara, do espetáculo Húmus (MG); Maria Tereza Taquechel, da montagem Olhares Ímpares (RJ); Suzie Bianchi, do espetáculo Conexões (SP)

Dia 3 de dezembro, sexta-feira, às 19h:

  • 2º Encontro Região Sudeste, com Viviane Macedo, do espetáculo Diversidade na dança através da singularidade de cada bailarino (RJ); Milton Jesus, da montagem Anatta (SP); e Paulo Azevedo, do espetáculo Elementos disponíveis para outras composições (RJ)

Dia 7 de dezembro, terça-feira, às 19h:

  • 1º Encontro ‘Sob o olhar dos bailarinos’,com Edgar Jacques, do espetáculo Só se fechar os olhos (SP); Moira Braga, da montagem Olhares Ímpares (RJ); e Juliana Lindsem, do espetáculo Rodas em Dança: Livre e Lives (DF)

Dia 10 de dezembro, sexta-feira, às 19h:

  • 2º Encontro ‘Sob o olhar dos bailarinos’, com Jamaica Azevedo, do espetáculo Estado de Apneia (RN); Jania Santos, da montagem Proibido Elefantes (RN); e Analu Faria, do espetáculo Coisa de Anjo (RJ)

LINKS ÚTEIS:

Festival Funarte Acessibilidança (com audiodescrição e Libras)

Deixe um comentário