Diálogo no Escuro volta ao Brasil com experiência de vivenciar o mundo de quem não enxerga

Print do site da exposição Dialogo no Escuro com a foto de um homem em ambiente sem luz.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Imagem é um print da página inicial do site da exposição que permite vivenciar o mundo de quem não enxerga, com o nome Diálogo no Escuro – exposições e workshops. No rodapé, a frase: “Experiências de aprendizagem transformadoras”. Sobre plano de fundo na cor preta, à direita da imagem, a foto de uma pessoa (cabeça, pescoço, parte do torso e ombros) em ambiente escuro. (Imagem: Reprodução. Créditos: www.dialogonoescuro.com.br/)

Exposição com apresentações e workshops em SP promove passeio conduzido por guias com deficiência visual, a partir de 4 de agosto; realização é da Calina Projetos e da Unibes Cultural

Diálogo do Escuro, projeto criado pela Dialogue Social EnterpriseTM, da Alemanha, que já passou por mais de 40 países, entre eles o Brasil, está de volta para uma temporada na capital paulista. Além do mote cultural, a instalação é também uma experiência de diversidade, inclusão e empatia e ainda promove conexão e integração.

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents

    Boa leitura!

    Publicidade

    Diálogo no Escuro: o mundo de quem não enxerga

    Durante a temporada, a partir de 4 de agosto, o público terá oportunidade de vivenciar o IN-visível. Conduzidos por guias com deficiência visual, em uma inversão de papeis, os grupos irão caminhar por salas escuras e estruturadas para que tenham as sensações de cheiro, temperatura, som e textura como se estivessem passando por parques, ruas, bares, entre outros ambientes do cotidiano. Durante o trajeto, os participantes poderão interagir com os guias para tirar dúvidas ou saber mais sobre a rotina de uma pessoa com deficiência visual nos grandes centros e desta forma quebrar barreiras e preconceitos.

    “O objetivo do projeto Diálogo no Escuro é mostrar para o ser humano que o impossível não existe e que nós determinamos nossos próprios limites. Promove ainda a coexistência e a diversidade, por meio do encontro, experiência e diálogo entre diferentes grupos. Depois da experiência, o público certamente passará a notar ao seu redor, a acessibilidade de espaços e serviços onde vive”, reforça Andrea Calina, Sócia Diretora da Calina Projetos.

    Diálogo no Escuro é uma realização da Calina Projetos e Unibes Cultural, que também foram responsáveis pela montagem da exposição no Brasil, entre os anos 2015 e 2016, em São Paulo e Rio de Janeiro, com o registro de 75.000 visitantes. Para esta edição, a exposição conta com o patrocínio de GetNet, Eurofarma, Drogasil e IHS.

    Alguns depoimentos de quem vivenciou

    “Eu vivi por alguns minutos a vida do meu filho.”

    (Silvia Grecco – Assessora da Secretaria Municipal de Inclusão do Deficiente, mãe de uma criança cega e vencedora do Fifa Fan Award)

    “Parabéns moçada do Diálogo no Escuro. Vocês quebram tabus!”

    (Dr. Ricardo Tadeu Marques da Fonseca – Primeiro juiz cego em um tribunal brasileiro)

    Foto de grupo de pessoas em ambiente escuro da exposição. Estão sentadas segurando bengalas utilizadas por pessoas cegas
    Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia em ambiente escuro mostra um grupo de pessoas que participam da exposição. Na imagem, dez pessoas estão sentadas sobre bancos luminosos e segurando bengalas utilizadas por pessoas cegas. (Imagem: Reprodução. Créditos: Divulgação)

    Publicidade

    Workshops em Empresas

    Nesta passagem pelo Brasil, a organização também dispõe de um programa de workshops para empresas, com foco em competências socioemocionais com temas como inclusão, diversidade, empatia, escuta ativa, respeito, conexão, entre outros.  Com dinâmicas em grupo, realizadas na escuridão, os participantes enfrentarão casos semelhantes a situações da rotina corporativa e de negócios.

    Por meio de exercícios diversos, os facilitadores demonstram que pessoas com deficiência possuem competências que agregam valor às empresas e projetos, além de contribuir com as políticas de inclusão e diversidade.  Estes workshops exploram instintos e potencialidades não utilizados normalmente para alcançar os objetivos descritos. A escuridão acelera, amplifica e ancora os processos de aprendizagem.

    “As atividades dentro do projeto Diálogo no Escuro foram elaboradas para mudar a mentalidade das pessoas sobre deficiência, diversidade e, acima de tudo, aumentar a tolerância sobre o outro, pontos que ainda vivenciamos e que devem ser revertidos. Esta é mais uma forma de contribuir para a quebra de barreiras em ambientes corporativos e mais ainda, mostrar que pessoas com deficiência visual têm potencial e que as empresas precisam contratar mais pessoas nessas condições”, pontua Luiz Calina, Sócio-diretor da Calina Projetos.

    Serviço

    Diálogos no Escuro – Exposição e workshops

    • Data: A partir de 4 de agosto
    • Local: Unibes Cultural
    • Endereço: Rua Oscar Freire, 2.500 – Sumaré (ao lado do metrô Sumaré)
    • Ingressos: R$30 | R$15 (meia entrada) – ingressos https://bileto.sympla.com.br/event/74443
    • Dias e Horários: Quinta a domingo, das 12h às 19h (sessões com 45 minutos de duração e grupos com até 8 pessoas)
    • Crianças a partir dos oito anos e, até os 12, acompanhadas dos pais.
    • Quinta: Gratuito – com agendamento também via Sympla.

    Links úteis

    Sobre Diálogo no Escuro

    Criado em 1989 pelo filósofo alemão Andreas Heinecke, o projeto Diálogo no Escuro está em exibição há mais de 30 anos e passou por 140 cidades de cerca de 40 países. A exposição foi vista por quase 10 milhões de pessoas e os workshops resultaram em treinamento de milhares de gestores e colaboradores no mercado corporativo mundial. Exposições e Workshops Diálogo no Escuro fazem parte das experiências de aprendizagem transformadoras da empresa alemã Dialogue Social EnterpriseTM.

    Sobre a Unibes Cultural

    Inaugurada em 2015, a Unibes Cultural é um centro cultural que fomenta e difunde a pluralidade da cultura, a indústria criativa e a agenda dos direitos humanos. Com uma programação ampliada para as diversas faixas etárias, a abrangência dos temas explorados alcança todas as áreas das expressões artísticas, literatura, audiovisual, artes cênicas e música.

    Sua programação inclui exposições, concertos, shows, palestras, cursos, seminários e outras manifestações com o objetivo de formação de público em geral e dos profissionais do setor, com um olhar sobre os desafios do século XXI.

    Sobre a Calina Projetos

    A Calina Projetos foi criada em 2002 com o objetivo de produzir eventos culturais e motivacionais abrangentes, de interesse coletivo e com a máxima qualidade, para pessoas e empresas. O intuito é realizar ações que propiciem um retorno positivo para a sociedade, sempre atendendo aos interesses estratégicos e gerando retorno institucional às empresas.

    Entre os principais eventos desenvolvidos pela Calina, podem ser citados: Diálogo no Escuro (Rio e SP); Diálogo com o Tempo (SP); Exposição Albert Einstein (SP); Pergaminhos do Mar Morto (Rio e SP); e Tesouros da Terra Santa (SP).

    Jornalista Inclusivo
    Jornalista Inclusivo

    Da Equipe de Redação

    Todas

    Deixe um comentário