Como um tetraplégico melhora a acessibilidade com automatização?

Arte com fotos, logos e ilustração do podcast do Dôdi: Como melhorar acessibilidade com automatização para uma pessoa tetraplégica?
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte colorida com ilustrações, fotos e texto. À esquerda, dentro de um card quadrado, a frase: “Alexa, tocar Rodacast”. Abaixo tem a ilustração de um microfone e do rosto do Dôdi, com a informação: “Podcast do Dôdi”. À direita mão segurando um celular com foto do Dôdi na cadeira de rodas e um player com comandos de play, stop, pause etc. Na lateral direita está a informação: “Episódio 07” e os logos do Jornalista Inclusivo e do Dôdi. (Imagem: Edição de arte)

Tetraplégico desde 2009, o músico e especialista em tecnologia da informação conta como ganhou mais autonomia e acessibilidade com automatização e pitadas de tecnologia

Quem não vive a tetraplegia ou não convive com alguma pessoa com essa característica, talvez não saiba o que é precisar dos outros para tarefas simples do dia a dia. Acender e apagar as luzes, ligar a televisão, trocar de canal e ajustar o volume sozinho, mesmo sem qualquer movimento dos ombros para baixo, é totalmente possível e libertador.

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents

    Boa leitura!

    Publicidade

    Acessibilidade com automatização

    Hoje em dia existe uma infinidade de opções em equipamentos e gadgets para criar automatizações de acordo com suas necessidades, de diversas marcas e preços. São diversas possibilidades que vão aumentar sua autonomia, independência e privacidade.

    Neste episódio do Podcast do Dôdi, no RodaCast, ele conta como sua vida melhorou usando esses dispositivos tecnológicos, explica como os utiliza em sua casa e dá até algumas dicas.

    Além de mostrar equipamentos com o Colibri, mouse sem fios de acoplar nos óculos para controlar dispositivos com movimentos da cabeça e piscadelas, Dôdi também dá comandos de voz usando a Alexa e o Google Assistente para trolar sua mãe, no finalzinho do episódio. Confira!

    Ouça o 7º episódio da temporada

    Tomada inteligente wi-fi

    O adaptador de tomada Wi-Fi, por exemplo, é uma boa maneira de começar a transformar sua casa em uma smart home. Por meio dos adaptadores de tomada, todos os eletrodomésticos e eletrônicos ficam inteligentes sem precisarem ser trocados por modelos mais atuais.

    Lâmpadas inteligentes

    Outra possibilidade é a lâmpada inteligente, que permite controlar a iluminação por comandos de voz, seja com o Google Assistente, Alexa ou outro assistente. É possível economizar energia, personalizar sua residência e deixar um cômodo mais confortável para assistir um filme, por exemplo, definir um ambiente com luz fria na hora de trabalhar ou com luz mais quente na hora de ler um livro, entre outros benefícios.

    Controle infravermelho

    Outro gadget indispensável e fácil de usar é a central de controle infravermelho universal. Quando a pessoa não tem movimentos em membros superiores, ligar dispositivos como a TV, sozinho, é uma tarefa impossível. Principalmente quando se trata de equipamentos com ar-condicionado, sem integração com a rede Wi-Fi.

    Com um controle universal, fundamental e barato, uma pessoa com tetraplegia pode ligar ou desligar a TV, trocar de canal e ajustar a temperatura do ar-condicionado até mesmo antes de entrar em casa, controlando todos os equipamentos por infravermelho, desde que suportem essa tecnologia.

    Navegue entre os episódios do Podcast do Dôdi
    Dôdi (Podcaster)

    Dôdi (Podcaster)

    Douglas "Dôdi" Jericó é formado em Processamento de dados, Bacharel em Sistemas de Informações e Técnico em Análise e Desenvolvimento de Softwares. IT Specialist na Kyndryl/IBM Brasil, músico, cantor e compositor com repertório nas principais plataformas internacionais de streaming. Dôdi está tetraplégico desde 2009, é palestrante e responsável pelos podcasts no canal RodaCast.

    • Siga nas redes sociais:

    Deixe um comentário