fbpx

Bike Sem Barreiras: Projeto leva bike adaptada para PcDs a diferentes regiões do País

Foto do Bike Sem Barreiras, projeto de bike adaptada para PcDs, com duas pessoas: Uma em cima da bicicleta e outra na cadeira de rodas, que serve como roda frontal da bike.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida, do Bike Sem Barreiras, projeto de bike adaptada para PcDs. Na imagem, uma pessoa está em cima da bicicleta e outra na cadeira de rodas, que serve como roda frontal da bike. A pessoa na bicicleta é branca, tem cabelos pretos longos e usa boné azul, máscara de proteção, camiseta branca e calça preta. A pessoa na cadeira é branca, tem cabelos pretos amarrados atrás da cabeça, máscara de proteção, óculos de grau, camiseta verde e calça preta. No canto esquerdo inferior da fotografia há uma placa amarela e redonda com os dizeres: “Acessibilidade é direito de todos”. Ao fundo, areia da praia, palmeiras e o calçadão. (Foto: Reprodução. Créditos: Divulgação/Ser Educacional)

Utilize recursos de Acessibilidade Digital da EqualWeb clicando no botão da lateral esquerda. Para tradução em Libras, acione a Hand Talk , no ícone quadrado à direita. Para ouvir o texto com Audima utilize o player de narração abaixo.

Realizado desde 2016, o Bike Sem Barreiras já atendeu mais de 1.700 pessoas em cinco cidades; atividades são gratuitas e acontecem aos fins de semana e feriados

Desde 2016, o grupo privado de educação Ser Educacional realiza o projeto “Bike Sem Barreiras”, com o objetivo de disponibilizar bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência visual, física, intelectual e múltipla ou com mobilidade reduzida. Desde a primeira edição, em Recife (PE), já atendeu mais de 1.700 pessoas. 

Os encontros ocorrem aos fins de semana, feriados e quinzenalmente em diferentes regiões brasileiras.

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents

    Boa leitura!

    CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 

    Bike adaptada para PcDs

    “Bike Sem Barreiras” promove a inclusão e a saúde por meio do exercício físico, além de oferecer uma opção de lazer para o público atendido. São três veículos disponibilizados: uma handbike, triciclo adaptado para ser pedalado com as mãos; uma bicicleta dupla, pedalada por uma pessoa com deficiência visual e pelo monitor ou acompanhante; e a ‘The Duet’, uma bicicleta adaptada com uma cadeira de rodas no lugar da roda dianteira. 

    “Este é mais um dos projetos que nos orgulha por promover a inclusão social e trazer mais visibilidade para temas relacionados à acessibilidade e qualidade de vida para o público PCD e com mobilidade reduzida. Convidamos a todos para conhecer e apoiar a iniciativa”, comenta Sérgio Murilo Jr., diretor adjunto de Governança Ambiental e Social do grupo Ser Educacional.

    Encontros do Bike Sem Barreiras

    Os encontros são acompanhados por profissionais e alunos dos cursos de Fisioterapia e Educação Física das Instituições mantidas pelo Grupo, que prestam apoio e orientação aos usuários das bikes adaptadas. Para participar, basta comparecer ao local no dia e horário (serviço abaixo).

    As próximas edições estão previstas para acontecer nas cidades do Rio de Janeiro (RJ), João Pessoa (PB), Natal (RN), São Luíz (MA), Guarulhos (SP), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Salvador (BA) e Recife (PE). Os atendimentos são realizados aos fins de semana e feriados e são totalmente gratuitos.

    Quatro pessoas participam do projeto Bike Sem Barreiras. Tres estão correndo a pé e a quarta pessoa, que tem deficiência, pedala uma handbike com as mãos.
    Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida, do Bike Sem Barreiras, de bicicletas adaptadas para PcDs. Na imagem, duas pessoas estão correndo a pé, uma terceira pessoa está atrás da handbike, onde uma quarta pessoa, que tem deficiência, pedala com as mãos. Todos usam camisetas amarelas de identificação do projeto e estão em uma ciclovia. Ao fundo, uma praça gramada, com arvores e palmeiras. (Foto: Reprodução. Créditos: Divulgação/Ser Educacional)

    Serviço

    Bike Sem Barreiras – Endereços e horários de funcionamento dos projetos

    • Recife: Praça do Marco Zero – Avenida Rio Branco, esquina com a Alfredo Lisboa, Recife (PE): A partir do dia 15 de maio, todos os domingos;
    • Salvador: Parque da Cidade Joventino Silva – Avenida Antônio Carlos Magalhães, Itaigara, Salvador (BA): Funciona quinzenalmente, a partir do dia 7 de maio;
    • João Pessoa: Parque Sólon de Lucena – Centro, João Pessoa (PB): Em atendimento todos os domingos;
    • Fortaleza: Avenida Beira mar, 805 – Praia de Iracema, Fortaleza (CE): Em funcionamento quinzenalmente, aos sábados;
    • Manaus: Praia de Ponta Negra, Avenida Cel. Teixeira – Bairro Ponta Negra, Manaus (AM): Funciona a cada 15 dias aos Domingos, das 8h às 12h.
    CONTINUA APÓS PUBLICIDADE 
    Sobre o grupo Ser Educacional

    O Ser Educacional acredita que qualquer pessoa pode alcançar seu desenvolvimento cognitivo e físico, quando estimulada.  Neste sentido, e considerando o seu papel social, tem desenvolvido inúmeras ações na área de inclusão. Algumas das atividades realizadas alcançaram um reconhecimento internacional, garantindo à UNINASSAU, por meio do Instituto Ser Educacional, uma cadeira cativa na Conferência dos Estados Partes da Organização das Nações Unidas (ONU). Este credenciamento foi aprovado por consenso durante a 10ª Conferência que discutiu a Convenção Internacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, realizada em Nova York, Estados Unidos, em 2017.

    Projeto Circo Social Uninassau

    Com o objetivo de promover a inclusão social de pessoas com Síndrome de Down e Deficiência intelectual utilizando a arte circense como instrumento de desenvolvimento e cidadania, o Projeto Circo Social realiza suas atividades desde 2014. Em sete anos de atuação, o projeto já atendeu diretamente centenas de pessoas.

    Projeto Praia Sem Barreiras

    O Projeto Praia Sem Barreira acontece em praias do Recife, Lauro de Freitas, Natal e Piaui. A iniciativa oferece às pessoas com deficiência, idosos e pessoas com baixa mobilidade, banho de mar assistido, por meio de cadeiras anfíbias, piscinas e quadra para prática de vôlei sentado. A ação já beneficiou milhares de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, além de ter envolvido centenas de alunos como monitores.

    Projeto Mãe Esperança

    O projeto Mãe Esperança foi criado para levar qualificação profissional, por meio da doação de bolsas de graduação e pós-graduação na modalidade de Ensino a Distância (EAD), para mães de filhos com doenças raras, haja vista a dificuldade encontrada pela maioria delas em frequentar aulas presenciais. Até o momento, mais de 300 bolsas de estudos foram concedidas.

    Projeto Mãos Livres

    O projeto Mãos Livre foi criado para levar qualificação profissional para pessoas com tetraplegia por meio da doação de bolsas de graduação e pós-graduação na modalidade de Ensino a Distância (EAD).

    Projeto Novas Histórias

    O projeto Novas Histórias oferece bolsas de graduação, na modalidade EAD para pessoas em privação de liberdade, propiciando aos seus usuários, alternativas concretas de mudanças em sua trajetória, muitas vezes marcada por violência, segregação e invisibilidade; atualmente, o projeto atua com dois públicos: mulheres que sejam mães e LGBTQIA+.

    Compartilhar no whatsapp
    Compartilhar no facebook
    Compartilhar no twitter
    Compartilhar no linkedin
    Compartilhar no telegram
    Compartilhar no email
    RFerraz Carpi
    RFerraz Carpi

    Editor criador do Jornalista Inclusivo. Responsável pelo conteúdo (MTB: 0089466/SP). Formado em Comunicação Social (2006), repórter em jornais impressos, rádio AM, assessor de imprensa e fotógrafo em navios de cruzeiro. Especialista em conteúdo digital acessível, ativista socioambiental e consultor em diversidade e inclusão.

    Todos os posts

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Este site usa Cookies

    Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. 

    Ao clicar no botão “Aceitar” ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies e nossa Política de Privacidade.