Versão digital do cartão de estacionamento para PcD e idoso pode virar realidade

Pessoa calva, em cadeira de rodas, fazendo transferência da cadeira para o carro, ilustra matéria "Versão digital do cartão de estacionamento".
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia colorida, em área externa, ilustra a matéria sobre versão digital do cartão de estacionamento. Pessoa em cadeira de rodas, está de costas, fazendo a transferência da cadeira para o carro, na cor branca. A pessoa é calva e usa camiseta marrom. Créditos: AdobeStock

Projeto de Lei altera regra da credencial de vaga reservada às pessoas com deficiência e idosos

Como já ocorre com a habilitação e o documento do veículo, o PL cria a versão digital do cartão de estacionamento para PcD e idoso, caso seja aprovado

O Projeto de Lei PL 693/21 propõe que a credencial para estacionamento em vagas reservadas às pessoas com deficiência ou idosos passe a ser digital. Dessa forma, a proposta dispensa o porte do cartão, quando for possível comprovar tal condição por meio de acesso ao sistema informatizado.

Publicidade

Em análise na Câmara dos Deputados, o texto altera o Código de Trânsito Brasileiro , que hoje caracteriza como infração de trânsito estacionar veículo em vagas reservadas a pessoa com deficiência ou a idoso. O PL aguarda o parecer do relator na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (CPD).

Pela proposta, no caso da impossibilidade de acesso ao sistema informatizado, o auto de infração lavrado será cancelado caso se comprove a condição de pessoa com deficiência ou idosa por meio da apresentação da credencial perante a autoridade de trânsito responsável pela autuação.

Deputado Carlos Bezerra é autor do PL que cria a Versão digital do cartão de estacionamento para PcD e idoso, descrito na legenda.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Na fotografia, o deputado federal Carlos Bezerra, de 79 anos, é branco e tem cabelos pretos. Usa terno azul escuro, camisa branca e gravata vermelha. O parlamentar está à frente do microfone. Créditos: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

Autor da proposta, atualmente afastado por motivos pessoais, o deputado Carlos Bezerra (MDB-MT) ressalta que não raras vezes, a pessoa com deficiência ou o idoso são passageiros e são transportados por mais de um veículo.

“Daí, são frequentes as situações em que deixam de portar consigo a credencial, sujeitando o condutor do veículo ao cometimento de infração de trânsito caso estacione em vaga reservada. Ocorre que essa comprovação não necessariamente precisa se dar por meio da credencial em meio físico”, pondera.

As credenciais para vaga preferencial, descritas na legenda do texto Versão digital do cartão de estacionamento para PcD e idoso pode virar realidade
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia de duas credenciais sobre superfície plana. A primeira credencial tem o símbolo internacional de acessibilidade – pictograma de uma pessoa em cadeira de rodas, e a segunda tem a inscrição da palavra “idoso”. Créditos: SMTT - Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito/Prefeitura de Aracajú (SE)

Segundo o parlamentar, assim como já ocorre com o documento de habilitação e o documento do veículo, a credencial pode ser disponibilizada em meio digital. “O agente de trânsito pode consultar o sistema informatizado e constatar a condição de pessoa com deficiência ou de idoso”, complementa.

Tramitação

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões dos Direitos das Pessoas com Deficiência; dos Direitos da Pessoa Idosa; de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. A proposta já está na CPD, aguardando parecer da relatora, Dep. Edna Henrique (PSDB-PB). 

FONTE:

Reportagem: Lara Haje
Edição: Cláudia Lemos

Agência Câmara de Notícias

• Siga nas redes sociais: