Personagem com nanismo estreia na Turma da Mônica

Mauricio de Souza, sentado, desenhando e sorrindo com personagens e capa do livro do personagem com nanismo que estreia na Turma da Mônica.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com fotografia de Mauricio de Souza, à esquerda. Homem branco grisalho está sentado, desenhando e sorrindo. Sobre seu ombro e braços foi adicionada a ilustração da personagem Magali, Cascão, Bidu, Mônica e Cebolinha. À direita está a capa do livro com o título: “Turma da Mônica: Nosso Amigo com Nanismo”. Também aparece o Cascão, a Belinha, Primeira personagem feminina negra da turma, Magali, Cebolinha e o novo personagem Bernardo, abraçado à Mônica. (Imagem: Edição de arte. Foto: Marcio Bruno. Capa: Divulgação/Culturama)

Novo membro da turminha mais inclusiva do Brasil chega no lançamento do livro ‘Nosso Amigo com Nanismo’, da editora Culturama

A Turma da Mônica recebe o novo personagem Bernardo, inspirado na história real de um menino de Caxias do Sul (RS), com acondroplasia, a forma mais comum de nanismo. Essa condição genética afeta o crescimento dos ossos e resulta em baixa estatura, em comparação a média da população de mesma idade e sexo.

Conteúdo do artigo
    Add a header to begin generating the table of contents
    Scroll to Top

    Boa leitura!

    Publicidade

    Personagem com nanismo

    Bernardo é apresentado no livro ‘Nosso Amigo com Nanismo’, em seu primeiro dia de aula na Escola Limoeiro, onde estudam Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e outros personagens da turminha. Assim que chegam à sala de aula e encontram Bernardo, todos começam a questionar sua baixa estatura. A partir daí, ele conta sua história, fala sobre as dificuldades das pessoas com nanismo e mostra a importância o conhecimento e da informação para tornar a nossa sociedade mais inclusiva.

    A mãe do jovem Bernardo, Flávia Berti Hoffmann, acredita que a inserção do personagem no universo da Turma da Mônica fará uma grande diferença para todas as pessoas que têm nanismo.

    “Temos que nos esforçar para mostrar para a sociedade que as pessoas com nanismo têm o direito de viver uma vida normal, e que o papel de todos é contribuir para que isso ocorra de uma maneira natural, sem preconceito. Sabemos que é importante conversar sobre esses assuntos com as crianças, para que elas cresçam entendendo e respeitando as diferenças, e a Turma da Mônica tem uma ótima aceitação com esse público, então, com certeza, esse personagem vai ter um papel extremamente importante para a causa do nanismo. Ver este livro pronto é a realização de um sonho”, afirma Flávia.

    Para a Mauricio de Sousa Produções, criar esse personagem foi um processo muito interessante e prazeroso.

    “É com muito orgulho que damos as boas-vindas ao Bernardo! A inclusão e a representatividade fazem parte do dia a dia da Turma da Mônica e é muito bom saber que conseguimos, cada vez mais, retratar tantas crianças ao redor do mundo. Temos certeza de que essa história e esse personagem vão contribuir para melhorar a vida das pessoas com nanismo”, pontua o desenhista Mauricio de Sousa.

    Publicidade

    'Nosso Amigo com Nanismo'

    O livro ‘Nosso Amigo com Nanismo’ será lançado pela editora Culturama , licenciada da Turma da Mônica desde 2017. A publicação, no formato 20×27 cm, terá 32 páginas ilustradas, capa em papel cartão e miolo em couchê.

    Segundo o diretor-presidente da Culturama, Fabio Hoffmann, esse projeto é fundamental para que cada vez mais pessoas saibam o que é o nanismo. 

    “Esse livro é muito especial para a Culturama porque certamente vai ajudar muitas pessoas. Não há nada mais gratificante do que publicar um livro em prol de uma causa tão importante e saber que isso vai fazer a diferença na vida de muita gente”, explica Fabio.

    Lançamento do livro

    O evento de lançamento do livro ‘Nosso amigo com nanismo’ está marcado para o dia 25 de outubro, às 19h, na Livraria Cultura – Conjunto Nacional, localizada na Avenida Paulista, 2073, na cidade de São Paulo.

    A data foi escolhida especialmente por marcar o Dia Nacional de Combate ao Preconceito contra as Pessoas com Nanismo (Lei Nº 13.472/2017 ). O 25 de outubro é celebrado em diversos países como o Dia de Conscientização do Nanismo (do inglês Dwarfism Awareness Day).

    Bernardo traz a representatividade das crianças com nanismo para uma turminha que já conta com personagens PcDs como a Dorinha (deficiência visual), o Luca (deficiência física), Sueli (deficiência auditiva), Edu (Distrofia de Duchenne), André (Transtorno do Espectro Autista), Tati (Trissomia do Cromossomo 21).

    O que é nanismo?

    O nanismo é uma mutação genética que afeta o crescimento normal dos ossos, resultando em um indivíduo cuja altura é muito menor que a média de toda a população.

    As características mais comuns do nanismo são a baixa estatura, pernas e braços pequenos e desproporcionais ao tamanho da cabeça e ao comprimento do tronco. O encurtamento ocorre principalmente na parte superior dos braços e nas coxas. Um indivíduo com nanismo alcança uma estatura entre os 70 cm e 1,40 m, dependendo da condição que o afeta.

    Atualmente existem 200 tipos de nanismo e 80 subtipos. Não há um levantamento oficial de quantas pessoas possuem esta condição no Brasil. Entretanto, a medicina estima que a cada 25 mil nascimentos, uma criança nasce com nanismo.

    A falta de acessibilidade nos meios de transportes, prédios, banheiros públicos, etc. é uma das maiores dificuldades enfrentadas por esse grupo de pessoas. Além disso, a discriminação social torna-se um obstáculo para questões como o acesso dessas pessoas ao mercado de trabalho.

    Apoio e campanha

    O livro tem como apoiadora a biofarmacêutica BioMarin, líder mundial no desenvolvimento e comercialização de terapias inovadoras para doenças genéticas raras. “Vencer o preconceito geracional é fundamental para possibilitar às pessoas com nanismo um melhor desenvolvimento, principalmente durante a infância”, afirma o diretor médico da BioMarin América Latina, Eduardo Franco. 

    A BioMarin criou a campanha ‘Minha História Vai Além‘, que tem o objetivo de falar sobre acondroplasia para garantir o acolhimento das pessoas com nanismo pela sociedade. Como parte da campanha, a biofarmacêutica vai distribuir exemplares do livro ‘Nosso amigo com nanismo’ para escolas, instituições e associações.

    A campanha se estende às estações de metrô de São Paulo com painéis informativos:

    • Higienópolis-Mackenzie (linha 4, amarela) até o dia 31 de outubro;
    • Alto da Boa Vista (linha 5, lilás) e Vila Mendes Natal (linha 9, esmeralda) de 18 a 31 de outubro. 

    Publicidade

    Sobre a MSP

    A Mauricio de Sousa Produções (MSP) é a responsável pela marca Turma da Mônica. A MSP investe em inovação e produz conteúdos em todas as plataformas, alinhando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, trabalha com 200 empresas que utilizam seus personagens em mais de 4 mil itens. 

    No universo digital, o canal no YouTube da Turma da Mônica já chegou a 14,5 bilhões de visualizações, sendo a maior audiência para Mônica Toy, conteúdo desenvolvido exclusivamente para esta plataforma; além do engajamento e interações orgânicos com os fãs em mídias sociais. 

    Na área editorial, a MSP possui um dos maiores estúdios do setor, com mais de 450 títulos e mais de 1,2 bilhão de revistas em quadrinhos, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros.

    Sobre a Culturama 

    A Culturama é uma editora de livros que atua em diferentes mercados, como papelarias, bazares, livrarias, atacados, supermercados, lojas de preço único, bancas e grandes redes de varejo.

    A grande missão da empresa é permitir que qualquer pessoa tenha condições de adquirir um livro. Há 19 anos no mercado, a Culturama já editou centenas de publicações infantis entre títulos próprios e licenciados. Atualmente, a editora possui as licenças de Disney, Marvel, Star Wars, Turma da Mônica, Galinha Pintadinha e Baby Shark. 

    Sobre a Biomarin

    A BioMarin é uma empresa global de biotecnologia que desenvolve e comercializa terapias inovadoras para pacientes com doenças genéticas raras e ultrararas graves e de ameaça à vida. O portfólio da empresa consiste em cinco produtos registrados no Brasil e várias moléculas candidatas em etapas clínica e pré-clínica.

    Jornalista Inclusivo
    Jornalista Inclusivo

    Da Equipe de Redação

    • Siga nas redes sociais:

    Deixe um comentário