Campanha da AACD # Todos contra a Polio 2023. Fotografia em preto e branco, retrata profissional da saúde enquanto aplica vacina via oral em criança. A bandeira nacional foi sobreposta como plano de fundo, alertando o retorno da poliomielite ao Brasil.
Campanha da AACD, a ação de incentivo à vacinação 'Todos Contra a Pólio' traz vídeos com depoimentos de especialistas e pacientes com sequelas da poliomielite. (Foto: AP Archive/Fareed Khan/Edição)

‘Todos Contra a Pólio’ alerta sobre retorno da poliomielite ao Brasil

Ação da AACD de incentivo à vacinação, a campanha Todos Contra a Pólio traz vídeos com depoimentos de especialistas e pacientes que convivem com sequelas da poliomielite - doença que ataca o sistema nervoso e pode levar à morte, ou gerar uma paralisia irreversível.

0 Comentário
Poliomielite 2022. Criança tomando vacina oral. Bandeira do Brasil ao fundo.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com texto escrito em branco e vermelho, no canto esquerdo superior: “Poliomielite 2022”. Fotografia em preto e branco, mostra as mãos de profissional de saúde segurando o maxilar de uma criança enquanto aplica vacina por via oral. A bandeira nacional foi sobreposta digitalmente como plano de fundo. (Imagem: Edição de arte. Foto: Associated Press/Archive. Créditos: Fareed Khan)

Poliomielite 2022: Com apenas 35% do público vacinado, campanha é prorrogada até dia 30 de setembro

Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação foi prorrogada até 30 de setembro. Desde o início da mobilização, em 08 de agosto, somente 4 milhões de doses foram aplicadas. A campanha seria encerrada nessa sexta-feira (09).

2 Comentários
Pessoa de pele branca em área externa posiciona máscara de proteção em seu rosto, ilustrando a síndrome pós-COVID-19
Descrição da imagem #PraCegoVer: Foto colorida, em área externa, ilustra estudo e tratamentos para síndrome pós-COVID-19. Pessoa de pele branca e cabelos castanhos, com luzes, leva as mãos ao rosto para posicionar a máscara hospitalar de proteção. Seus cabelos estão amarrados atrás da cabeça e usa caso de frio em tons claros. Créditos: Foto de EVG Culture/ Pexels

Síndrome pós-COVID-19: Novo estudo e tratamentos prometem ajudar pacientes

“As estimativas demonstram que 10 a 30 por cento das pessoas infectadas com a COVID-19 acabarão ficando com a COVID de longa duração”, afirma o Dr. Greg Vanichkachorn, diretor médico do Programa de Reabilitação de Atividades da COVID da Mayo Clinic.

0 Comentário
Fotografia da presidente da Associação de Cegos de Alagoas, Cícera Oliveira da Cruz segurando o cartão de vacinação da COVID-19 em braille.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia da presidente da Associação de Cegos de Alagoas, Cícera Oliveira da Cruz segurando o cartão de vacinação da COVID-19 em braille. Ela é uma mulher de pele parda, cabelos castanhos na altura dos ombros. Usa roupa vermelha e máscara de proteção branca. No cartão aparece, além das informações em braille, o logo da prefeitura e a hashtag #Vacina Maceió, Cartão de Vacinação, Plano municipal de vacinação contra a COVID-19 em Maceió. Créditos: Edvan Ferreira/Secom Maceió

Maceió lança cartão de vacinação da COVID-19 em braille

Maceió, capital de Alagoas, é a primeira cidade a ter cartão de vacinação contra a COVID-19 em braile. A iniciativa, inédita no País, foi lançada pelo prefeito João Henrique Caldas “JHC” (PSB), no último dia 14 de julho, durante solenidade na Associação de Cegos de Alagoas, localizada no Antares.

0 Comentário
Arte com foto de cadeirante, ilustrando matéria sobre a Xepa da vacina para pcd em sp sem bpc.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Arte com texto na lateral esquerda: PCD (letras grandes transparentes), e a pergunta: Solução? (fonte branca pequena). Na lateral direita, o título: Xepa da vacina (letras brancas, tamanho médio). E a sigla BPC (letras grandes transparentes). Fotografia de homem calvo, usando cadeira de rodas motorizada, de costas, em um pátio com prédios ao fundo. Ao fundo há outras pessoas conversando, transitando e crianças brincando. Créditos: Unplash / by @redjohn45 / Editada

Xepa da vacina: Solução para PcD em SP sem o BPC?

Pessoas com deficiências permanentes que não estão incluídas no BPC (Benefício de Prestação Continuada) podem se inscrever na lista de espera para receber doses excedentes da vacina contra a Covid-19 em unidades de saúde da cidade de São Paulo. A medida foi anunciada pelo secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, em entrevista coletiva, nesta sexta-feira (28). (FOLHAPRESS)

0 Comentário
Profissional de saúde vacinando pessoa com síndrome de Down. Descrição na legenda. Ilustra “MP recomenda adaptar imunização de PcDs”.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Fotografia colorida ilustra a notícia “MP recomenda adaptar imunização de PcDs”. Pessoa com Síndrome de Down, de pele branca e cabelos pretos está sentada recebendo a vacina do braço direito. Usa mascara hospitalar e camiseta branca. À esquerda, a profissional de saúde tem cabelos pretos longos, presos atrás da cabeça. Usa jaleco e máscara hospitalar branca. Atrás uma parede verde. Créditos: @bwpress/ Shutterstock/ Editada*

MP recomenda adaptar imunização de PcDs em Fortaleza

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio das 2ª, 4ª e 5ª Promotorias de Justiça da Defesa do Idoso e da Pessoa com Deficiência de Fortaleza, recomendou, na última terça-feira (11), à Secretaria da Saúde de Fortaleza (SMS) a adoção de adaptações para facilitar a imunização de pessoas com deficiência.

2 Comentários
Pessoa em cadeira de rodas recebendo vacina, com descrição na legenda de "Anunciada vacinação contra COVID-19 para PcDs".
Descrição da imagem #PraCegoVer: Para ilustrar o texto “Anunciada vacinação contra COVID-19 para PcDs”, fotografia colorida de uma pessoa em cadeira de rodas sendo imunizada. Em destaque, duas mãos com luvas descartáveis cor branca, segurando o ombro do cadeirante e a seringa. A pessoa em cadeira de rodas tem pede parda, está lateralizada, usa camiseta cinza e máscara hospitalar azul. Créditos: Shutterstock

Anunciada vacinação contra COVID-19 para PcDs

O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (7) a vacinação contra COVID-19 para pessoas com comorbidades e deficiências permanentes na faixa de 50 a 54 anos. Os grupos poderão tomar a primeira dose do imunizante a partir da próxima sexta (14).

1 Comentário
Pessoa sendo vacinada, com descrição na legenda, sobre imunização da COVID-19 na deficiência intelectual.
Descrição da imagem #PraCegoVer: Publicação sobre imunização da COVID-19 na deficiência intelectual é ilustrada por fotografia colorida com duas pessoas. Mulher idosa de pele parda, usando gorro e máscara hospitalar está com os olhos fechados no momento em que recebe a vacina. No canto da fotografia, aparece a profissional de saúde, usando luvas azul, blusa, máscara e óculos de grau. Créditos: Kelly Wilkinson/IndyStar

COVID-19 na deficiência intelectual: Prioridade na imunização

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO) e seu Grupo Temático Deficiência e Acessibilidade cumprimentam a todes presentes e agradecem à Câmara dos Deputados e à Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência pelo convite para participar dessa Audiência Pública.

1 Comentário

Fim do conteúdo

Não há mais páginas para carregar